O ELO MATERNO

O Elo Materno é a Ligação mais profunda e amorosa entre todos os elos existentes. Por isso a dor e a saudade da ausência do(a) Filho(a) que partiu doe e machuca o coração de uma mãe. Este Elo foi quebrado e como emenda-lo?
Quando nossos Filhos se vão, como continuar viver a vida? Quanto tempo precisamos para nos fortalecer? Dor e saudade será que poderemos supera-las? Existem outras pessoas que dependem de nós? O que mudou em nós? São perguntas que precisam de respostas, e só o tempo nos dará...

PESQUISAR NESTE BLOG

quinta-feira, 20 de abril de 2017

MATEUS SANTOS - ESQUECER JAMAIS

20 DE ABRIL DE 2017 - Incrível a memória de uma mãe, eu jamis imaginei que tinha tantas lembranças do meu Filhote, mas a sua partida deixando a ausência notória em minha, pelo fato de não mais fazer o que eu fazia ao seu lado. Ser Mãe do Mates Santos me trouxe muitas alegrias inesquecíveis algumas foram registradas em fotos noticiários, revistas, o jornal Estadão, entrevista e reportagem na Globo, vivemos muitos momentos juntos os quais jamais esquecerei inclusive o que vivi, até o dia 20 de Novembro de 2010, antes da sua partida.




Eu vivi estes momentos proporcionados pela maternidade e pela amamentação ao Mateus por três anos e meio e não me arrependo. Este é o Legado de Mateus Vieira dos Santos, nascido em 26 de outubro de 1993, na cidade Tupã. Isto ninguém tira de mim é a nossa história, um ser tão pequeno e trazendo uma revolução no mundo que eu vivia. Fui considerada a Super Mãe de Leite Materno naquele ano, as minhas doações quebram o recorde do Guinnes World Records eu estou lá com 1.872 litros de leite materno doados em três anos.
A cidade de Tupã sempre estava prestando homenagens no clube Rotary, a empresa sempre na minha porta, da mídia, dos tablotes e de todo o sensacionalismo que estavam fazendo que durou por meses.
Lembro-me que o Banco e leite humano iria se desativado do Hospital São Francisco de Assis por falta de doações de leite materno, eu amamentava o Mateus e doava leite para toda a região, eu retirava o leite com um bombinha manual, enchei-a os 20 vidros em uma semana, o hospital vinha buscar e deixava nova remessa de vidros e luvas, o leite era pasteurizado e encaminhado  para todas maternidades neo natal, este foi o motivo pelo qual ganhei o codinome de Super Mãe. Eu amamentava o Mateus e toda uma região de recém nascidos pré-maduros, como esquecer, jamais esquecerei ainda que o mundo se esqueça de tal fato. Eles são verdadeiros.
Algo novo acompanhava o Mateus Santos, fazendo com que a sua chegada a este mundo fosse notória, a qual todos percebessem o quanto ele veio para ser especial, muito especial, não era eu importante, mas sim o Mateus , eu fui apenas o instrumento pelo qual ele chegou aqui e viveu por dezessete anos e vinte quatros dias ao meu lado me proporcionando momentos de tanta ternura e doçura..
Na época eu não me deu conta de nada disto, eu apenas estava feliz por ter-lo em meus braços, paparicando o tempo todo ele sempre foi muito risonho, tudo estava bom, nada o incomodava, realmente era incomum em relação aos outros bebês.
Ele cresceu e continuou assim, era tão branquinho que no pré jardim a professora deu o codinome de Floquinho da neve e foi, até quando viemos para Capital, já havia passando alguns anos e tudo se aclamou, ele  iniciou na escola e as pessoas não sabiam quem era ele, isto permitiu que voltasse ao anonimado e ser quem ele foi e é. 
Cá eu fiquei e agora lembro nitidamente de tudo, o bom que na época eu fazia recorte e guardava as publicações que marcaram as nossas vida, sim o Mateus sabia de tudo do que havia ocorrido, mas na sua simplesidade de ser, ele agia naturalmente.
Eu agora sei o quanto fui privilegiada por Deus, fui escolhida para viver estes momentos únicos ao lado do meu Filhote, e entendo que o Blog Mães e Filhos Elo Eterno só da continuidade ao evento ocorrido em seu nascimento, Mateus pode ser o que quiserem que ele seja, tudo está além do raciocínio humano e do senso comum, explicação é a interpretação de cada um, mas como a Mãe do Mateus Santos só poderei afirma que vivi o que muitas mães não viveram. 
O leite vinha tão natural, eu simplesmente bebia muita água e o Mateus mamava. Não comia nenhuma comida que pela tradição e lenda da humanidade ajudavam produzir leite, me alimentava normalmente sem nenhuma restrição, não houve nenhum tipo alimentação ou fruta  que secasse o meu leite, apenas bebia muita água e nada mais. E ao tempo de três anos e meio o Mateus deixou de mamar espontaneamente , e foi tomando leite gelado com toddy no copo, se alimentava normalmente comendo de tudo, sem restrição a nenhum tipo de alimentação. Foi simples assim.
Apesar de tanto leite, não houve empedramento, não tive febre, os seios apesar de enormes não me incomodavam e ainda não vazava leite materno, o meu soutien era o de amamentação devido a abertura frontal  era prático. 
Tudo parecia normal, só que não, a ciência não conseguia explicar o fenômeno da lactação humana, não havia resposta para dar. Os exames que eram feitos constantemente nunca encontraram anomalia era perfeitamente saudável , uma mulher comum, mas com uma proeza generosa.
Isto é o que eu chamo de eventos sobrenaturais, pois não há explicação pra os seus acontecimentos, ainda que tentamos achar um, simplesmente não há.
Eu sei que muitas imprensas tiraram aproveito  de tudo, e mesmo passando muitos anos tal Fenômeno de Lactação  Humana, nunca mais ocorreu em lugar nenhum do mundo inteiro. 
Pode verificar, pode pesquisar fique a vontade para. O aconteceu ainda é um fato único na terra. Talvez ocorra novamente no vindouro, mas eu não credito.
Meu esposo era Pastor da Igreja da Graça em Tupã, local onde tudo ocorreu, por atenção do Doutor Chiarada que administrava o Banco de Leite Humano, que ficou tão surpreendido que deu o nome de "Fenômeno", pela produção ser dez vezes a mais do que as demais mulheres em período de amamentação.

Imaginem que até o Missionário pediu ao departamento de publicidades da Igreja para fazer uma publicação, alegando ser milagre da parte de Deus, e na época eu não me importei da caricatura que fizeram me apresentavam nas cruzadas de fé, o estranho que as pessoas tinham outra ideia sobre mi e quanto me viam não acreditavam que estaria fazendo todo este alvoroço, fui destaque na Igreja da Graça, embora na época tinham muitas outras mães que amamentavam seus bebês, porém nenhuma me superou. Realmente tinha que ser o Mateus Santos, afinal seu nome traduz biblicamente como "Dadiva ou Presente de Deus".
Eu muitas vezes não podia sair para ir ao supermercadoaçougue, numa loja ou coisa parecida que logo era reconhecida e o Mateus, então, recebia muitos mimos por todos que o viam, queriam pegar, beijar coisa e tal, afinal ele é muito lindo, vivia sempre sorrindo e não estranhava ninguém. De fato sempre foi uma criança risonha e mesmo quando cresceu o sorriso continuava lindo.

Resultados da pesquisa


























E quem não se lembra, quem não viu esta reportagem feita pela Globo? Eu  e o  Mateus fomos destaque - Se não lembram e não viram, irão ver. Ela também aconteceu é verdadeira e tudo por causa da amamentação proporcionada pela maternidade do Mateus.


A cidade de Tupã pode ter esquecido tal evento ocorrido nos anos de 1993 à 1997, do seu ilustre Mateus Santos, em 1997 ano que meu esposo foi transferido para cidade de Penápolis, mas lá também estava no auge, só os membros da Igreja sabiam que a Super Mãe o fenômeno da lactação humana e seu filhote estavam na sua cidade. Mas jamais esquecerei.

Mateus de fato cresceu como touro nunca ficou doente, nunca teve a menor gripe, nunca contundiu, quebrou o faturou partes dos ossos seu corpo, nunca ficou imobilizado por nada, nunca teve feridas expostas, não sentia nenhum, viveu por 17 anos e vinte quatro dias, nunca teve ou sentiu algum tipo de dor, viveu sem tomar medicação alguma. Ele tomou todas as vacinas  inclusive dos quinze anos, para evitar complicações nas matrículas escolares, a carteira de vacinação é sempre exigida como documento para matrícula, Mateus foi saudável durante o tempo de sua existência aqui na terra.
E dos seus trabalhos escolares, dos seus recados e mensagens no dia das mães,  estes são apenas alguns, tenho outros, esquecer jamais. Tudo isto faz parte do Legado do Mateus Vieira dos Santos, este é um patrimônio completamente sentimental e muito valioso, tão valioso que não se mede e que foi deixado para mim, e não pretendo desfaze-lo jamais.
Tudo que vivemos foi real, verdadeiro, aconteceram numa época, em que eu jamais imaginei viver sem a presença do meu Filhote em minha vida.

Deem o nome que quiserem, eu não ligo, tais insultos não me desgenera, pelo contrário me fazem ser mais forte, por que verdadeiramente: Eu Amo o meu filhote Incondicionalmente e não é qualquer opinião desfavorável aos meus atos que não não possui o senso comum que mudará os meus sentimentos.
Eu possuo uma história tão linda e tão incrível  que ninguém poderá diminui-la ou despreza-la, não importam o que façam tudo esta escrito, registrado e fotografado, não há do que duvidar diante de tais registros.
Nada me fará esquecer o Mateus Santos, ele está tão presente em meu coração,  quanto ausente em minha vida, somos únicos, o nosso vínculo é eterno, eu sei, eu sinto que quanto chegar a minha hora de partir, ele lá estará para me receber com o seu abraço e o seu beijo molhado em minha  face, mas até lá viverei com todas as minhas recordações e lembranças para amenizar a minha saudade.

 

Passado os anos eu percebo que devo ser grata a Deus por ter vivido todos estes momentos juntos e principalmente os momentos finais de sua existência e por ter sido amada pelo Mateus meu eterno e saudoso Teteu. Eu tenho muito mais motivos,  muito mais recordações, muito muito mais do se possam supor para que em tempo algum eu esqueça o meu Filhote, não tenho o porque deixar tudo no passado num tempo esquecido, pelo contrário trago tudo para o presente num tempo real para que assim conheçam o Legado de Mateus Santos, o Filhote que sempre será lembrado com muita ternura, carinho e muito amor (...)
Neste dia em que se deu a sua partida, eu joguei vôlei com meu Filhote, eu preparei o prato de sua última alimentação, eu tirei as duas últimas fotos e ainda eu pude olhar para ele e disse; "Eu te amo Filhote", pude expressar a ele, o quanto eu o amava. Ele sabia que era especial e que me fez muito feliz. Ele manteve o seu olhar sereno e profundo sobre mim por alguns instantes. Isto não tem preço.
Desejo que todos os pais Enlutados pelos seu Filhos Amados; "Sejam fortalecidos com todo o Poder, segundo a maravilhosa Força da Glória de Deus, para que, com alegria tenhais absoluta constância e firmeza de ânimo para  tão esperando Reencontro - Colossenses 1:11
"O Senhor te abençoe e te guarde; faça resplandecer o seu rosto sobre ti e te conceda graça; o Senhor volte para ti o seu rosto e te dê paz hoje e sempre"- Números  6:24 ao 26


ABRAÇOS FRATERNOS DE MÁRCIA SANTOS E FAMÍLIA AOS SEGUIDORES E LEITORES EM ESPECIAL AOS PAIS ENLUTADOS

Nenhum comentário:

Postar um comentário

MÃES E FILHOS ELO ETERNO

Loading...

CONTATOS FEITOS POR:

Telefones: (011) 5928-7080 ou (011) 98939-3955
Email: marushasantos@uol.com.br