O ELO MATERNO

O Elo Materno é a Ligação mais profunda e amorosa entre todos os elos existentes. Por isso a dor e a saudade da ausência do(a) Filho(a) que partiu doe e machuca o coração de uma mãe. Este Elo foi quebrado e como emenda-lo?
Quando nossos Filhos se vão, como continuar viver a vida? Quanto tempo precisamos para nos fortalecer? Dor e saudade será que poderemos supera-las? Existem outras pessoas que dependem de nós? O que mudou em nós? São perguntas que precisam de respostas, e só o tempo nos dará...

PESQUISAR NESTE BLOG

quinta-feira, 21 de abril de 2011

A VIDA NOS SURPREENDE (Dose Dupla) - SOBREVIVÊNCIA

Dia 20 de Abril, hoje completa cinco meses deste que o Mateus partirá, acordei me sentindo vazia, oca, parecia anestesiada, estava com os pensamentos em meu Filho, quando olhei para a foto de minha Mãe e percebi que nesta mesma data estava completando seis anos da sua partida, ela partiu decorrente uma cirurgia para retirada de um tumor maligno chamado angiomioma, localizado entre cabeça e pescoço (nuca).
Minha Doce e Amada Mãe Carmem
No  dia 19 de Abril de 2005 fui visita-la na UTI, do Hospital das Clinicas,  estava entubada e com vários aparelhos, completamente inchada, os médicos que acompanhavam já havia nos comunicando sobre o seu rim que estava quase parando, até que naquele dia, eu olhei para minha mãe, vendo a sua fragilidade naquela cama, segurei a sua mão direita, me aproximei do seu ouvido, fechei meus olhos e comecei a orar ao mesmo tempo que dizia para ela o quanto ela era importante para nós, que todos a amava e desejava que voltasse para nós, seja qual fosse a sua decisão nós iríamos respeitar e continuar a ama-la para sempre em nossos corações, orei à Deus dizendo que havia orando para a recuperação da minha mãe todos os dias deste que foi internada para cirurgia, mas que desta vez seria feita a sua vontade e não minha, porque Ele conhecia o desejo do coração da minha mãe. Beijei minha mãe na face, disse a ela: "FIQUE EM PAZ MINHA MÃEZINHA QUERIDA", ela apertou minha mão forte depois foi relaxando até que soltou minha mão embora a minha mão ainda esta segurando a dela, como que aliviada por algo que a incomodava, respirou por três vezes , no último seu semblante já não estava mostrando dor,  logo os aparelhos não deram sinal começando apitar, entraram no quarto as enfermeiras informando que a visita havia acabado, pedindo para que retirasse, passando por mim com uma mesinha com pé de rodinha cheia de outros aparelhos para tentar reanimar a minha mãe. Dentro de mim eu sabia que ela partira, e que, nada mais poderia ser feito.
No dia 20 de Abril de 2005  exatamente  meio dia e dez minutos, o Hospital das Clinicas entrou em contado com a minha família e informou que minha mãe havia partido,  eles tentaram reanima-la, ela não reagiu, desligaram os aparelhos no dia 20 de Abril  de 2005 às onze horas da manhã. Pelo Laudo Choque Séptico. Minha mãe foi sepultada no dia 21 de Abril de 2005 no Cemitério VALE DA PAZ.
Minha Mãe, a Kekel e o Teteu

Minha mãe não teve filhos homens , quando fiquei grávida pensamos que fosse uma menina e chamávamos de Raquel, minha mãe sempre dizia que era menino, e foi , veio nosso Amado Mateus para alegria da minha mãe, o seu primeiro neto homem. A Raquel veio depois de quase seis anos  Deste então ela sempre esteve presente na vida do Mateus em todos os aniversários , enchia-o de presentes, nesta época morávamos em Tupã e ela vinha quase sempre ver o neto tão Amado por ela. Quando ocorreu voltei para casa, o Mateus estava com onze  anos e seis meses, disse a ele que a vovó havia partido para estar ao lado do Papai do Céu, que nós não iríamos ter-la por perto, somente no coração. Lembro -me que ele me abraçou e falou: "QUERO IR COM ELA MAMÃE, GOSTO MUITO DA MINHA VOVÓ", eu disse que um dia ele iria para perto dela, mais teria que esperar, dei-lhe um beijo na sua testa e abracei bem forte. Como a vida nos surpreende! 
                                  
         O TEMPO PASSOU E VIDA SURPREENDEU
Esta foto foi tirada em Penápolis interior de São Paulo onde moramos por dois anos, minha mãe e o Teteu, quanto ele completou 3 anos de idade, minha mãe estava como uma avó coruja pelo neto amado, no dia 26 de outubro de 1996.

Após cinco anos e seis meses da partida da minha mãe, na data do dia 20 de Novembro de 2010 meu filhote Mateus (Teteu) partiu para se encontrar com a sua querida vovó. Como a vida é impressionante, eu estava confortando o meu filhote pela partida da vovó, sem saber que ao mesmo tempo estava dizendo que ele iria encontra-la, só não sabia que seria cedo demais, são cinco meses de saudade, de dor que parece que não tem fim. 
As lembranças do dia 20 de Novembro, tudo o que Mateus fez, o que ele curtiu e viveu ao lado dos familiares. Fiquei pensando no jogo de vôlei, cada ponto que fazíamos ele dava um sorriso, as vezes tocávamos as mãos, quando o ponto era do adversário ela falava: "Suave Mãe”, eu, ele e a doce Raquel jogamos juntos, estávamos juntos pela última vez. 

              AH! SE EU PUDESSE VOLTAR NO TEMPO

Ah! Meu Deus se eu pudesse voltar atrás...
Teria lhe dito várias vezes sem cansar:
"Eu te amo meu Filhote"
Não teria feito nada além de te abraçar, te beijar e aproveitar cada segundo, sem tirar os olhos de você... 
  Se tivessem me avisado que era a última vez,
  Eu poderia implorar pra que você ficasse mais um pouco comigo, para ti acariciar, ti mimar
  Explicar que mais um pouco seria muito pouco, e que por menos que fosse já seria muito para mim... 
  Se eu soubesse, ah, se eu soubesse!  
  Te falaria mil coisas para que pudéssemos rir juntos.
   E quando você estivesse indo
Eu te chamaria de volta, só pra dizer mais uma vez 
"EU TE AMO MEU FILHOTE"  
 
Obrigada por tudo Mateus, pelos anos vividos ao teu lado.....
   Vai com os Anjos, meu Anjo Amigo e Querido
    Até um dia.............Meu Filhote


 HOJE MINHA DOCE MÃE ESTA COM SEU QUERIDO NETO MATEUS EM SEUS BRAÇOS
Esta foto foi tirada em Tupã, no dia 03 de Novembro de 1993.
 Mateus nasceu em Tupã, nesta época minha mãe veio ficar conosco. 
O Mateus estava com 8 dias de nascido. 
Minha mãe estava feliz e orgulhosa com o neto em seus braços, há 17 anos atrás. 
Mateus dormia tranqüilo e seguro em seus braços.

                                   

REALIDADE DE VIDA - Tudo que eu vivi ao lado do meu Filhote, todos os nossos momentos, todas as nossas alegrias, todas as nossas emoções, tudo que descobrimos juntos, tudo que fizemos juntos, enfim tudo que foi nos permitido viver.
Teteu, Eu & Kekel
Agora para mim só restaram as doces lembranças vividas em cada data comemorativa, ao lado do meu Filhote Amado Mateus e da minha Filhota Raquel. Será que algum dia estas datas voltarão ter algum valor ou sentido para mim?
As vezes somos felizes e não percebermos, porque queremos sempre mais, e esperamos mais de nós mesmos e das  pessoas que convivemos .
Tem um ditado popular que diz "o ser humano só dar valor quando perdi", isto para mim não é mais um ditado e sim uma verdade em minha vida.
Poderia ter dado mais valor aos momentos que passei ao lado dos meus filhos, mais em vez disso, tratei como se fosse mais um dia feliz, mais um dia ao lado deles.
O tempo não volta atrás, e não podemos resgatar o que já passou, só podemos olhar para frente e tentar aproveitar  com mais intensidade os momentos que a vida nos concede para vivermos.
Deste do dia 20 de Abril de 2011, eu estou muito saudosa, no ano de 2010 fomos comprar ovos de páscoa não tinha o Crounch, mas o Mateus aceitou trazer para casa o Chica Bom de chocolate preto, e ainda levou dois dias para come-lo até que eu perguntei; se ele iria deixar o ovo chocar, ele falou rindo: "He mãe, você hein"... Saudades...





                                   
SOBREVIVÊNCIA - A cada minuto, hora, dia, semana, mês, anos e  até décadas de nossa vida  estaremos gritando dentro de nós.  Como superar as adversidades da nossa vida, como reverter a  situação  da dor, da saudade, da tristeza do nosso filho que partiu prematuramente de nossa vida, como superar o impossível, se estamos tão frágeis. 
Houve uma mudança repentina no percurso de nossa vida, o tempo não da trégua para o nosso coração aumentando sem parar os nossos sentimentos pelos nossos filhos amados. 
As vezes parece que estamos sozinhos, que o nosso Deus nos abandonou a deriva, em nossa dor tamanha que perdemos a noção do que estar em nossa volta, embora Ele nos garante que não nos esqueceu e nunca nos esquecerá: "Porventura pode uma mulher esquecer-se tanto de seu filho que cria , que não se compadeça dele, do filho do seu ventre? Mas ainda que esta se esquecesse dele, contudo eu não me esquecerei de ti"- Isaías 49;15. Então eu deduzo, o  pouco que conseguimos fazer ainda que seja pouco estar na Força e no Poder do Senhor Deus e não na nossa força humana. 
Deus estar agindo em nossa vida, devido a nossa dor tão gigantesca, não conseguimos perceber a Presença dEle nos sustentando a cada minuto, hora, dia, mês, anos e até décadas de nossa vida. Ele será o nosso Amparo em todo tempo, familiares e amigos  estarão ao  nosso  lado temporariamente. Mas Deus estará para sempre em nossas vidas, ainda que não conseguimos sentir o seu agir em nossas vidas.
            
    DOR, SAUDADE E TRISTEZA SEM FIM  
“ Filho Amado quando você foi embora fez-se noite em meu viver “Me senti frágil , impotente"
Olhei para o céu e não vi a luz
Procurei a terra e não senti o chão.
Um misto de medo e horror
Numa linguagem diferente declarei o meu amor 
Foram dias e noites em busca de explicações, justificativas.
Caminhei sozinha.
Seu retrato estampado em minha mente e o boletim de ocorrência na bolsa
Parecia um conto sem ponto final.
Todas as noites arrumo seu quarto,
Deito na sua cama e penso em você.
Ouço a sua voz, como de costume “mãe, cheguei”
Abro o seu armário , visto sua roupa e sinto o seu perfume.
Nem sempre choro, mas no silêncio do meu grito muitas vezes desejei partir.
Não é fácil esta espera.
Talvez um ano, muitos anos, uma década
Quando te encontrarei de novo?
Não tenho certeza de nada.
Só desta dor que não tem fim, da saudade que tira as minhas forças.
Filho, não tem palavras para o que aconteceu
Todos os dias de minha vida direi:
"Teteu  volta pra casa, pra gente ser feliz de novo".

                     ORAÇÃO DO PODER
Compartilho esta oração do Poder de Deus com o enlutados para nossa vida se fortalecer na Força do Senhor.
Deus, Senhor de toda a força e poder, dá - me hoje a Segurança do Teu amor e a certeza de que estás comigo.
Peço-Te ajuda e Proteção nesta hora tão difícil de minha vida.
Preciso de Tua assistência, do Teu Amor e de Tua Misericórdia.
Tira de mim a dor da saudade pela ausência física do meu Filho Amado. 
Tira a tristeza que abate o meu coração.
Dar-me explicação ao meu espírito abatido, com a luz que iluminou o Teu Divino Filho Jesus Cristo, aqui na terra.
Que eu possa perceber toda a grandeza de Tua Presença em mim
Sopra o Teu Espírito dentro de mim, para que eu me sinta o Teu mover
Hora por hora, minuto por minuto sobre a minha vida.
Que eu sinta o Teu Espírito e Tua Voz dentro de mim e ao meu redor.
Em minhas decisões e no decorrer deste vida, que eu sinta o Teu maravilhoso poder pela oração e com este poder.
Espero pelos milagres que podes realizar em favor dos meus problemas.
Não me deixe, levanta meu espírito, quando me encontrar abatido.
Entrego - te neste dia a minha vida e a da minha família.
Livra-me de minhas moléstias ainda que seja por milagre,
Obrigado meu Mestre, meu Senhor, meu Irmão e meu Amigo.
Sei que vais me derramar do seu Amor sobre minha vida
É o que eu tanto preciso e desejo em Nome do Pai, Filho e Espírito Santo
Amém!!!
Compartilho com as mães e pais enlutados  este louvor para  acalmar a dor  do nosso coração e agonia da saudade pelos nossos Filhos Amados
                           Música: CUBRA - ME ABRAÇA - ME       Cantora: Aline

             ABRAÇOS FRATERNOS DE MÁRCIA SANTOS AOS PAIS ENLUTADOS


terça-feira, 12 de abril de 2011

TEMPO DE LUTO - UM DIA APÓS OUTRO - VIVER E SUPERAR

TEMPO DE LUTO INTERNO E ETERNOComo as nossas vidas mudam rápido, em questão de segundos, e não somos nem avisadas de que isto vai acontecer, não somos preparadas para vê-los partir de nossas vidas tão prematuramente. Em meio a tanta dor, tanta saudade e tanta tristeza, temos que aprender e aceitar ama-los na distância, que separou dois olhares, mais nunca dois corações. Uma das coisas mais difíceis de serem feitas é dizer adeus a alguém que amamos, devido a sua partida... 

A pessoa amada foi embora e ficam as lembranças e a saudade. A dor começa a fazer parte da nossa rotina e nos toma de uma forma tão forte que as simples atividades que realizávamos tornam-se difíceis e penosas. O tempo de duração do luto é diferente para cada pessoa. Com o passar do tempo, a dor vai amenizando, não ela não ameniza nos acostumamos e o seu efeito já é crônico. As recaídas acontecem, mas a tristeza não fica mais tão presente, a vida continua e há outras coisas com as quais possamos nos envolver, outras pessoas com as quais possamos nos relacionar, e outras alegrias no mundo que aconteceram em nossa vida, mesmo sabendo que todas estas coisas não nós fará esquecer nossos Filhos. 
A felicidade não está em tentar evitar as dores, mas sim em conseguir conviver com ela. Não existe uma vida perfeita que seja feliz o tempo todo e não tenha nenhum tipo de sofrimento. A dor é inevitável, mas deixar que ela nos vença não é saudável.
Principalmente para nos Mamães e Papais Enlutados, nossos Amados Filhos partiram prematuramente e qualquer objeto, palavra ou música nos lembrará da presença deles. E é nessas situações, que vem aquele nó na garganta e o choro, que por vezes, é inevitável, sem falar nos dias que estaremos saudosas.
LUTO - É um conjunto de reações a uma perda significativa de u outro ser. Segundo John Bowlby quando maior o apego, maior é sofrimento do luto, tem diferentes formas de expressar  a dor, a tristeza e a saudade. Mães e Pais Enlutados precisam viver este tempo: "Há tempo de nascer, e tempo de morrer..." - Eclesiastes 3:02. A característica inicial do processo de luto acontece pelas relembrança da perda aliada ao sentimento de tristeza e choro, onde as relembranças são intercaladas com cenas agradáveis e desagradáveis. Além dos sentimentos comuns o estado de choque, raiva, hostilidade, solidão, agitação, ansiedade e a fadiga. Sensações físicas como vazio no estômago e aperto no peito podem ocorrer.
Na verdade o luto é nosso, nos é que choraremos pelo resto de nossas vidas a ausência dos nossos Filhos, os familiares lembraram, mais não viveram o luto prolongado, passando os 30 dias tudo estará normalizados em suas vidas. Os psicólogos falam que a duração do luto dura em média dois meses para que a pessoa possa voltar a resgatar o seu dia a dia. De maneira geral, leva-se dois anos para elaborar a perda. Existem processos anormais onde uma pessoa não sai do luto ou nem entra nele ficando indiferente por anos, só quem vive a partida de um ser querido é quem sabe, quando mais próximo maior é a dor, a tristeza e a saudade, se tratando de filhos o Luto no coração de uma mãe é Eterno.
Fazem 141 dias que meu Filho Amado Mateus partiu, eu estou buscando Forças em Deus para prosseguir com a vida, estou tentando me adaptar a nova face, espero conseguir.

UM DIA APÓS OUTRO - Nada para mim faz sentido, não vejo alegria em nada, tudo perdeu o sentido de ser, a dor me sufoca, a tristeza tira- me as forças, e saudade cresce cada vez mais dentro de mim, as lembranças vão e vem na minha memória, eu estou como que anestesiada, a data do meu aniversário 23 de Novembro passou a ser mais um dia, não é mais uma data especial, se pudesse não seria nem lembrada.
Meu Filhote Mateus (Teteu) partirá no dia 20 de Novembro, e como sina da vida foi resgatado no dia 23 de Novembro dia do meu amiversário, no dia 24 de Novembro foi o sepultamento eu estava me despedindo fisicamente do Meu Filhote. Quando completou um mês, eu estava revivendo tudo de novo, tem sido assim deste então, e acredito que será pelo tempo de minha vida, a cada mês terei a sensação de estar vivendo tudo de novo.
NATAL - A véspera do Natal não tinha nenhum valor eu não conseguia pensar em nada, só no Meu Filhote que partirá da minha vida de uma forma inesperada, deixando-me inconsolável, não tinha alegria, fui convidada pela minha cunhada Rosemeire irmã do meu esposo participarmos da Ceia do Natal em sua residência, devido o ocorrido os familiares estavam tristonhos, todos se esforçavam para tornar o ambiente harmonioso. A princípio eu falei que não iria, meu esposo e a minha Filhota Raquel(Kekel) foram, às vinte e três horas e quinze minutos meu esposo ligou insistindo que eu fosse, pensei e respondi, tá bom eu irei. Ao chegar meia noite todos se abraçaram e vinham me abraçar, por mais afeto que eu tinha, nada sentia, não conseguia dizer: "Feliz Natal pra ninguém", foi o pior Natal da minha vida. 
2010 - Terminava na minha vida como; o ano negro, obscuro, doloroso, cruel, muitas lágrimas derramadas por mim, uma saudade imensa do meu Filhote, a sua ausência me fragmentava a cada instante que se passava.
ANO NOVO - Chegou eu me sentia da mesma forma, vazia e sem nenhum motivo para confraternizar, dizer: "Feliz Ano Novo", isso parecia tão estranho. 
2011 - Primeiro dia deste ano, me sentia vazia, oca, meu coração doía tanto que tirava o ar, por várias vezes eu me perguntava: "porque, isto aconteceu?". Percebi que em cada data comemorativa do ano, seria muito dolorosa para mim, seria melhor não existir, elas não terão significado especial para mim, o Natal, Ano Novo, Páscoa, Dias das Mães, Dias dos Pais, etc... uma razão de ser, um valor a ser lembrado, um carinho a ser sentido.
Um dia após outro, uma data após outra, os anos chegariam e passariam sem razão de ser, nenhuma delas serão como antes para que eu pudesse comemorar. A piores datas seriam os dias  20 à 24 de Novembro, a data mais saudosa será o dia 26 de Outubro de 2010, quando comemoramos os 17 anos de idade do Meu Filhote Mateus (Meu Teteu), as datas que se passaram só deixaram as lembranças vividas com os meus Filhos em especial com o Mateus.

MINHA DOCE E ETERNA LEMBRANÇA - Lembro -me perfeitamente que neste dia 26 de Outubro de 2010 não fui trabalhar, o Mateus, o meu querido Teteu foi para escola normalmente, quando voltou, almoçamos e ficamos juntos no msn.
Depois ele foi para academia, eu e meu esposo fomos comprar o bolo e as velinhas de cor branca, pedimos para Raquel (Kekel) não comentar nada, havíamos combinado que não iríamos parabenizá-lo durante o dia somente à noite.
Chegou à noite, ele foi conversar com os amigos no portão, como de costume, ficamos aguardando o seu retorno em casa.
Quando entrou começamos a cantar parabéns pra você, ele deu um sorriso largo nos lábios, ficou tão feliz, estávamos os quatro tão felizes, nunca poderei esquecer as expressões de cada gesto feito pelo meu Filhote neste dia. Meu Deus, que saudades........
Não sabia que o meu Filhote Mateus estava soprando pelo última vez as velinhas do seu bolo de aniversário e, que seria a última vez que eu  o veria saborear seu bolo preferido (torta de chocolate),  que este dia seria uns dos momentos finais de suas alegrias vividas conosco, ao nosso lado.
Valeu apena não ter ido ao trabalho naquele dia, para ficar com ele... valeu...valeu mesmo...valeu... como valeu...  

Esta é mais uma das minhas Doces e Eternas Lembranças.


                                                   
VIVER E SUPERAR - Superar as adversidades da vida. Como superar o que achamos  impossível de ser superados dor, saudade, tristeza e luto pelos nossos filhos que partiram  de nossa  vida prematuramente.   
Não esperávamos que a vida fosse nos surpreende inesperadamente.
Alegria supera nossa tristeza - em meio a tanto dor, saudade e tristeza devemos nos envolver em novas alegrias com as pessoas que estão em nossa volta, elas ainda fazem parte de nossas vidas, e por mais que doa, a nossa vida continua sem nossos filhos amados.
Consolo  e Conforto supera nossa dor - ao menos sabemos que os nossos filhos estão nos braços do Pai Celestial onde nenhum mal pode atingi-los, eles estão bem guardados ao lado nosso Deus e Pai e em nossos corações estarão sempre vivos. O Amparo de Deus em nossas vidas nos ajudará, Ele dará o conforto, e consolo necessário para nossos corações mães e pais enlutados, o refrigério para nossas vidas  basta nos aconchegarmos em Seus braços.
Fé supera nossa dúvida - devemos acreditar que os nossos filhos estão melhores ao lado do nosso Deus no Eterno lar.
Esperança supera nosso desespero - um dia chegará a hora da nossa partida.
Entusiasmo supera nosso desânimo - será emocionante poder ver nossos filhos novamente, viveremos aguardando este dia.
Sucesso supera nosso fracasso - nossos Filhos acreditam e confiam em nós para  continuarmos a caminhar na Ausência deles.
Coragem supera nosso medo - enfrentar o futuro desconhecido de nossa vida em meio a dor, saudade, tristeza e luto interno pelo nossos Filhos.
Força supera nossa fraqueza - o Amor pelos nosso Filhos será o fôlego de vida, a nossa força para sobrevivermos. 
Queridas Mamães e Queridos Papais Enlutados a Superação do Viver é poder fazer acontecer, é irmos além do que os outros acham que somos incapazes, nossos Filhos sabem que somos capazes de saltar tão alto, para ultrapassar a barreira da estima machucada, da confiança perdida, do relacionamento quebrado... Eles confiam em nós para superarmos a Ausência deles em nossas vidas.
E assim tudo começa, as rosas vêm ao mundo, crescem e surgem as rosas.

Rosas que espinham, rosas que dilaceram e enlouquecem os corações.

Rosas que definham, que se entristecem e até desaparecem por um amor que nem bem começa ou que surge, mas não fica.

Rosas que perfumam o universo, em meios aos raios de tantos sóis que, assim,  espalham-se ora fugazmente, ora suavemente, no seio de tantos jardins.


ABRAÇOS FRATERNOS DE MÁRCIA SANTOS AOS LEITORES E SEGUIDORES DO BLOG MÃES E FILHOS ELO ETERNO EM ESPECIAL AOS ENLUTADOS







sexta-feira, 8 de abril de 2011

ELES VÃO COM ANJOS, ELES VÃO EM PAZ - MÃES UNIDAS

Homenagem as Mamães que choram pelos seus filhos no massacre da Escola 
Municipal Tasso da Silveira do Rio de Janeiro

Não existem palavras, línguas, gestos ou mesmo pensamentos que possam expressar a dor da partida dos Filhos destas mães, nada confortará e nem dará o consolo no coração destas mães. A dor é muito profunda e intensa, a tristeza não tem dimensão, a saudade não tem proporção. Elas não podem nem clamar por justiça, por que, quem cometeu o tal ato, partiu, para não sofrer a punição, se é que haveria uma. 
Mãezinhas a dor,  a saudade e a tristeza irá permanecer, o tempo passará e junto com ele vocês aprenderam a conviver com estes sentimentos no coração. O amor pelos seus Filhos  Amados existirá por toda vida. O que vocês foram e representaram para eles, e o que eles representam pra vocês, será por toda vida.
Meu Deus! Eu sei que não há nada para ser dito que console. Nada que eu diga irá diminuir a frustração, a decepção, a indignação, a revolta, a irá e a sede de justiça que se fazem presente. 
Estes sentimentos devem ser respeitado pelos demais e não podem ser ignorados, ou tratados com indiferença, porque nós Mães e Pais Enlutados sabemos o que isto significa. Seus Filhos partiram num dia comum de suas vidas,  foram para escolar e, todos deveriam voltar para suas casas, e acabou assim... Agora seus pais estão pranteando as suas partidas.
MINHA ORAÇÃO - Peço ao Senhor Deus e Pai Celestial  para derramar sobre a vida e o coração de cada mãezinha o seu Bálsamo Suave, para que elas tenha a força de continuar a viver a vida,  sabendo que existem pessoas que dependem da força delas para sobreviver. 
Senhor Espírito Santo conforta o coração de cada mãe, pai, irmãos e familiares, cubra este lar, esta família com Teu Amor, para que eles possam continuar a caminhar, na Ausência dos seus Filhos Amados e Eternamente.
Queridos, que partiram prematuramente, de forma dolorosa e cruel.


 ELES VÃO COM ANJOS...  ELES VÃO EM PAZ...
Karine Lorraine Chagas de Oliveira, 14 anos
Ana Carolina Pacheco da Silva, 13 anos
Rafael Pereira da Silva,  14 anos
 Brenda Rocha Tavares, 13 anos
Samira Pires Ribeiro, 13 anos
Gessica Guedes Pereira, 15 anos
Luiza Paula da Silveira Machado, 14 anos
 Larrysa Silva Martins, 13 anos
Larissa dos Santos Atanazio, 15 anos
Mariana Rocha de Souza, 12 anos
Igor Moraes da Silva, 13 anos
Milena dos Santos Nascimento, 14 anos

 Homenagem da Magda para o meu Querido Mateus 
Hoje compartilho com os Pais Enlutados
Homenagem Aos Nossos Filhos Amados
 Cantor:  RENATO RUSSO                  Música : (CEDO DEMAIS)
Conosco ficam as lembranças dos momentos felizes que vivemos ao lado dos nossos Filhos Amados e Eternos, de um tempo que marcou mossa vida. 
Tudo que vivemos ao lado da existência física estará presente em nossos corações. 
Os momentos felizes serão nossa força para continuarmos a viver um dia após outro. 
E sabemos que cada um, continuará vivo em nossos corações ....  pelo tempo de nossas vidas ...



          AOS QUERIDOS PAIS, FAMILIARES & AMIGOS
"Só na agonia de nos despedir de um ente querido somos capazes de compreender a profundidade do nosso amor."

"A despedida é um momento de tristeza, em que os corações se preparam para viver uma saudade."

"Despedida... momento da separação, do choro e da lágrima, muitas vezes do conflito entre a dor, a saudade e a tristeza."

"Não há saudade sem despedida, e nem despedida sem saudade… "


Não digam ADEUS na despedida ...
Digam ATÉ LOGO ...
Por que um dia,  nos voltaremos a vê-los.
Abraços Fraternos  de  Márcia Santos



MÃES UNIDAS - Deste que postei a primeira mensagem do Blog tenho recebido e-mails e telefonemas de mães que compartilham comigo a dor, a tristeza e a saudade dos Filhos Amados que partiram prematuramente de forma inesperada, sentimentos único presente a todo instante no coração de uma  mãe.
SÁBADO DIA 09 DE ABRIL DE 2011 - Foi muito emocionante, recebi em minha residência uma Mãezinha chamada Iraci, veio da cidade de Presidente Bernardes, irá completar 6 anos que o Filho Amado José partira de sua vida. 
Iraci contou-me que ele trabalhava como motoboy, havia levado sua esposa para casa e retornando ao trabalho, seria o sexto da fila para sair novamente, estava chovendo neste dia, e precisava fazer outra saída(viagem) e nenhum dos motoboys tinha capa de chuva, somente o José.  Então eles decidiram passar a vez para o José. 
Devido a chuva muito intensa José não conseguiu frear a moto que colidiu na traseira do ônibus, José partiu na hora aos 32 anos de idade, o passageiro ficou hospitalizado por oito dias e partiu também.
Iraci eu e Raquel minha Filhota
Enquanto Iraci falava sobre o ocorrido, começamos a chorar, nos abraçarmos e juntas percebemos que estávamos unidas pela mesma dor, pela mesma tristeza e pela mesma saudade    
dos nossos Filhos Amados que partira de nossas vidas tão prematuramente, num dia que seria como os demais dias de nossas vidas... e também pelo nosso amor, que sentimos pelos nossos Filhos.
Iraci me disse; que tem sete filhos, apesar do tempo passar, ainda sente a presença do seu Filho Amado José na sua vida. 
O lugar de José na família e no seu coração permanecerá para sempre. Tanto eu como ela sabemos que Filhos são para sempre e agora os nossos são Eternos.
Iraci ainda compartilhou comigo que tem objetos pessoais de José: (uma camisa que José usará), e que ainda não fora lavada. Ela guarda esta camisa com todo seu Amor e Carinho, porque tem um significativo muito grande, para ela  representa o José.

PARA MINHA QUERIDA COMPANHEIRA DE DOR, SAUDADE E AMOR: "Minha querida Mãezinha Iraci eu te entendo, e sei que as outras Mãezinhas também te entendem, só nós sabemos o quanto é difícil e cruel para nós, desfazermos dos objetos pessoais, das roupas e calçados dos nossos Filhos Amados, para algumas pessoas pode parecer que isto é apego, mas nós sabemos que não é...
A verdade é que quando retiramos os objetos pessoais e tudo mais, retiramos definitivamente toda a existência dos nossos Filhos em nosso meio físico. As pessoas podem falar que eles estão em nosso coração, sim estarão para sempre, nós sabemos disso o tempo todo. Porém queremos ter algo pessoal que foi do uso dos nossos Filhos, é direito nosso como mãe. 
O Amor que sentimos pelos Nossos Filhos é Eterno, e o tempo não nos
fará esquecer jamais".
Não importa de onde vinhemos ou de onde somos, seremos sempre MÃES UNIDAS pela dor, pela tristeza e pela saudade dos nossos filhos que partiram prematuramente de nossas vidas. 
E por mais que doa em nossos corações, por mais saudosas que ficaremos  ao longo de nossas vidas choraremos em silêncio e enxugaremos as nossas lágrimas pela Ausência dos Nossos Amados  Queridos e Estimados Filhos. Eles viverão eternamente em nossos corações.
Eles estão com Deus, Eles estão com Anjos, Eles estão em Paz, vivem na Presença de Deus, estão protegidos e bem guardados junto do Nosso Deus e Pai Celestial que os amou tanto que tomou para si novamente...
Eles estão longe dos nossos olhos, dos nossos abraços, dos nossos mimos de mãe, mas sempre estarão em nosso coração, sempre estarão presente em nossas vidas em todo tempo.
Que o Nosso Eterno e Grandioso Deus e Pai Celestial Abênçõe a todos os seus familiares e amigos.
Abraços Fraternos à Você minha querida Mãezinha Iraci e a sua Família.

                                      Saudades Eternas 
                                                        De 
                      Mateus Santos & José dos Santos
       


                                ORAÇÃO DO PAI NOSSO
Somente Deus em sua infinita Graça e Bondade confortará a dor dos nossos corações pela saudade de nossos Filhos Amados Neste momento ainda que você não acredita em Deus, e não acredita no poder da oração. Respeito você. Mas precisamos acreditar em alguma coisa, algo que não pode tocar, ver ou ouvir. Porque neste momento da vida é difícil demais para ficar sozinho, sem nada em que se apegar ou segurar, sem algo que seja sagrado e que vá além do nosso raciocínio lógico. 
Agora não existe diferenças nas crenças, religiões, seitas ou credos, seja qual for a denominação, tenha o nome que tiver, os sentimentos são os mesmos para todos agem na mesma proporção, intensidade, profundidade e extensão, não há limites. 
Pai nosso que estais no céu,
santificado seja o vosso nome,
vem a nós o vosso reino,
seja feita a vossa vontade
assim na terra como no céu.
O pão nosso de cada dia nos daí hoje,
perdoai-nos as nossas ofensas,
assim como nós perdoamos
a quem nos tem ofendido,
não nos deixei cair em tentação
mas livrai-nos do mal.
Amém.

DEDICO  ESTA POSTAGEM A TODAS MAMÃES ENLUTADAS, EM ESPECIAL AS MAMÃES DO RIO DE JANEIRO E A MINHA QUERIDA IRACI

ABRAÇOS FRATERNOS DE MÁRCIA SANTOS AOS 
PAIS ENLUTADOS






MÃES E FILHOS ELO ETERNO

Loading...

CONTATOS FEITOS POR:

Telefones: (011) 5928-7080 ou (011) 98939-3955
Email: marushasantos@uol.com.br