O ELO MATERNO

O Elo Materno é a Ligação mais profunda e amorosa entre todos os elos existentes. Por isso a dor e a saudade da ausência do(a) Filho(a) que partiu doe e machuca o coração de uma mãe. Este Elo foi quebrado e como emenda-lo?
Quando nossos Filhos se vão, como continuar viver a vida? Quanto tempo precisamos para nos fortalecer? Dor e saudade será que poderemos supera-las? Existem outras pessoas que dependem de nós? O que mudou em nós? São perguntas que precisam de respostas, e só o tempo nos dará...

PESQUISAR NESTE BLOG

segunda-feira, 21 de março de 2011

A TRISTE PARTIDA


Me chamo Márcia Santos - Este Blog é Inspirado na minha Dor, na minha Saudade e na Ausência constante do Meu Filho Amado Mateus, a quem eu chamo carinhosamente de meu "Teteu", que partiu prematuramente da minha vida num dia comum. Eu irei compartilhar com vocês momentos íntimos e muito pessoal da minha vida deste então. 
Dedico este Blog a todas as Mães e Pais em Especial os Enlutados, nossos Filhos Amados partiram prematuramente de nossas vidas, por motivo que desconhecemos, que somente o Nosso Deus e Pai Celestial conhece e sabe o porquê.
   Esta é Minha Família 
                                                             
Este é o Meu Filho Amado Mateus Santos
   Fotos do seu Aniversário 
Comemoramos seus 17 anos de vida no dia 26 de Outubro de 2010























No dia 20 de Novembro de 2010 meu Filhote Mateus, partiu para estar ao lado do Nosso Pai Celestial no meio de tanta dor, tanta tristeza, tanto choro e tanta saudade demorei para aceitar e acreditar que agora faço parte de um Grupo de Mães a qual seus Filhos partiram prematuramente. Mães e Filhos Elo Eterno foi criado para as Mães enlutadas que querem dividir a dor, a saudade e a tristeza, num momento tão delicado e decisivo em nossas vidas. 
Ninguém sabe da intensidade e a profundidade desta dor em nossos corações, somente outra Mãe poderá entender e compreender a dor da partida de um(a) Filho (a) querido(a) que partem antes de nós, ainda que as pessoas possam imaginar ou supor não chegam nem próximo do que isto em nossas vidas.
Como Mãe, eu sei que meu Filhote continua vivo ao lado do nosso Deus, se tornou Eterno mesmo agora estando num mundo diferente do qual eu estou. O Elo chamado "Amor de Mãe", continua presente em minha vida, e sei que continua presente em sua vida também. Apesar dos dias, meses e anos se passarem, o Elo Mãe e Filho é Eterno para sempre, ninguém mudará o que fomos para os nossos Filhotes e o que o nossos Filhotes ainda representam para nós.
Eles partiram e deixaram saudades, quantas saudades, junto com a saudade, deixaram muitas lembranças. E estas lembranças de tudo que vivemos ao lado dos nossos Filhos Amados que nos ajudará a viver e também amenizará a nossa dor, apesar de chorarmos em silêncio e enxugarmos as nossas lágrimas por desejarmos que eles estivessem conosco, ao nosso lado, fazendo parte da nossa vida, do nosso dia-à-dia.

 A TRISTE PARTIDA - Estávamos reunidos na chácara para oficializar o noivado do meu sobrinho Luciano, chegamos por volta das 10:00 hs da manhã. Neste dia o Mateus conversou com todas as pessoas, brincou de futebol na quadra de areia, depois brincou de vôlei comigo e com seus primos, enfim com cada membro da família, ele teve um momento especial, nossa família é numerosa. A chácara fica em um condomínio fechado em momento alguns fomos comunicados pelo síndico da existência de um Kaik dentro do condomínio. Assim como os primos e amigos, o Mateus foi andar de kaik no lago. É um lago fechado, desde que compramos a chácara, foi a primeira vez que o Mateus entrou no lago, das outras vezes ele nunca se aproximou, dizia que não gostava da água, apesar de declara que o lugar era seu paraíso.
Ele dizia que as melhores coisas na sua vida, "era Deus, seus pais, sua irmã e a chácara", algumas vezes queríamos vender-la, o Mateus intercedia dizendo: "não mamãe a chácara não, por favor convença o papai", eu dizia a ele, fica tranqüilo um dia ela será sua. 
Durante a tarde o Mateus foi e voltou por duas vezes, todos andaram de kaik seus primos e amigos, um após outro. Já perto de irmos embora, resolveu dar a sua terceira e ultima volta, seus primos e amigos não estavam com ele, somente Solange tia do Mateus, que estava sentada no pier viu ele dizer, que era a última voltinha, completou dizendo que iria perder os chinelos colocou-os atrás de si, entre o encosto do Kaiak e a sua cintura. Pegou o remo e começou a remar indo em direção a cachoeira. Não sei o que aconteceu.....
Quando terminamos de arrumar os nossos pertences e de colocarmos as bicicletas no suporte do, carro, começamos a perguntar: "Cadê o Mateus", foi então que a tia do Mateus respondeu que ele estava andando de Kaik. Eu e meu esposo ficamos supresos com a declaração pois não sabiamos e nem vimos o Mateus andar de kaik em momento algum, começamos  a gritar pelo seu nome, o lago estava vazio e não havia sinal do Mateus. 
Por mais que fosse real não queríamos acreditar no que estava acontecendo. Como pode acontecer, de forma inesperada, uma pessoa estar tão perto de você e no momento seguinte não estar mais. 
Procuramos por todo o condomínio e nada. Então chamamos o Corpo de Bombeiros, apesar da noite se estender eles quebraram o protocolo e mergulharam para encontrar o Mateus, sem êxito, e  para o tormento dos nossos corações, voltamos para casa. Em 17 anos de convivência com meu Filhote, foi a primeira vez que sair com meu Filhote e voltei sem ele, só com suas roupas, o lugar que ele ocupava no carro sem sua presença e com o meu coração dilacerado.
A BUSCA - Por três longos e intermináveis dias os bombeiros buscavam resgatar o corpo do meu Filhote no lago, achando o par de chinelos e o remo, tudo era claro mas o meu coração de mãe não queria acreditar, preferia que o meu Filhote estivesse perdido na mata próximo ao lago, que ele estivesse ferido e desacordado em qualquer parte daquela mata. Falava comigo mesma enquanto não acharem o meu Filhote, eu creio que ele estar vivo. No domingo 21 de novembro, pela manhã acharam o boné que o Mateus estava usando, mesmo assim eu não acreditava, preferia ter o meu Filhote de qualquer forma ou maneira, que ele fosse encontrado com vida. Na terça feira dia 23 de Novembro de 2010, data do meu aniversário, exatamente ao meio dia e cinqüenta e cinco minutos, os bombeiros resgataram o corpo do meu Filhote numa vala de doze metros e meio, que deixou todos em choque, pois nunca fomos informados pelo síndico a profundidade deste lago, a idéia que tínhamos era no máximo dois metros. 
Pelo laudo médico o Mateus teve "asfixia mecânica por afogamento", ele estava perfeito, como eu havia visto pela última vez.
O VELÓRIO - Fui surpreendida, havia tantas pessoas que foram conquistadas pelo meu Filho Mateus, amigos, professores, coordenadora e a diretora do colégio, amigos da academia, amigos do curso de inglês, nossos familiares e amigos. A Empresa que eu trabalhava na época  representada pelo meu supervisor, gerentes, diretores e meus colegas de trabalho vieram em grande números, todos eles me deram mensagens lindas, versos e poesia escritos em folhas de sulfite que ajuntei e mandei encadernar. O Pastor Valdeni ministrou uma mensagem de conforto concluindo com uma linda oração aos presentes. No meio de tanta dor e tristeza no meu coração, sentir Orgulho do Meu Filho por ter sido especial para aquelas pessoas, ele havia convividos com elas, e deixou algo de bom para elas que nunca será esquecido.
O SEPULTAMENTO - Todos acompanharam o carro do sepultamento até o local determinado para o enterro, todos deram o triste Adeus final. Eu particularmente não despedir do Meu Filhote Amado, jamais poderia dizer o Adeus Final, em tom baixo eu disse apenas: "Até logo Meu Filhote Amado".

 Este é o lago fechado, é artificial, localizado no 
Condomínio Vale das Fontes 
Embu - Guaçu - Cipó - São Paulo


ELE ME OUVIU  PELA ÚLTIMA VEZ - Lembro-me de tirar estas fotos sem ele perceber, quando percebeu esbouçou um sorriso dizendo: "Eh! Mãe", eu disse a ele: "Eu te amo muito, meu Filhote", e tirei mais uma foto. 
Estas fotos foram as últimas tiradas em momentos finais da Existência da Vida do meu Filhote em nosso meio. Ele estava entre familiares e amigos, no seu Paraíso e pode ouvir dos meu lábios o quanto eu o amava, minhas últimas palavras ao meu Filhote Amado Mateus, meu eterno (Teteu).
Meu Filhote partiu no dia 20 de Novembro de 2010, ele acabará de completar 17 anos de vida no dia 26 de Outubro de 2010.
   





















"Louvarei ao Senhor Deus por toda minha vida, por ter tido o privilégio de conceber um ser tão querido, que por 17 anos e 24 dias de sua vida fez a minha vida ter os melhores momentos vividos com ele; o que é de Deus, volta para Deus! AmémEclesiastes 12: 07


MINHA VIDA SEM A PRESENÇA DO MEU FILHO - Devido a partida prematura dos nossos Filhos a Dor, a Saudade, a Tristeza não dará trégua para os nossos corações, teremos que aprender a conviver com estes sentimentos em nossas vidas, teremos que ser muitas vezes mais fortes que eles. 
Cada Mãe tem sua reação, no intimo do nosso ser, terá sempre uma pergunta sem resposta "Porque isto foi acontecer com meu Filho?"acompanhada da incapacidade de não poder evitar o que aconteceu, a dor, a saudade, a tristeza que nos invade aponto de nos sufocar.
Nós Mães não fomos educadas e nem recebemos ensinamentos ou preparação alguma para perder os nosso Filhos prematuramente seja em que tempo for em nossas vidas. Quando uma Mãe ver o seu Filho(a) partir, isto mudou o Ciclo da Vida Natural, afinal acreditamos em todo tempo que os nossos Filhos irão ver a nossa partida, e que eles se conformariam por irmos primeiro do que eles por se um Ciclo da Vida se cumprindo Naturalmente.
E quando isto não ocorre, os nossos corações se machucam, se ferem e sangram em meio a tanta dor pela partida e pela saudade que invadiram as nossas vidas sem que permitíssemos tal fato. O tempo passará será, talvez amenizará a dor em nossos corações, mas não a saudade pelos nossos Filhos aumentará e será eterna, pelo tempo de nossas vidas.
Mateus (Teteu) & Raquel (Kekel)
Eu acreditava que os meus Filhos eram meus, pelo fato de senti-los dentro do meu ventre antes de qualquer outra pessoa sentir ou vê-los. E eles vieram na minha vida me trazendo uma lição de vida, aprendi ser Mãe com o Mateus, com Raquel eu me aperfeiçoei o que havia aprendido com o Mateus. 
Quando o Mateus partiu me deixando percebi que ele não era meu, e sim de Deus, Ele me deu, Ele mesmo tomou ao seu determinado tempo, e eu terei que descobrir como viver a minha vida sem a presença do meu Filhote, por mais que me doa e me machuque pelo tempo da minha existência.
A Palavra de Deus diz que há tempo pra tudo Eclesiastes 3: 1 ao 8, houve o tempo do Mateus nascer, e viver comigo, chegou o tempo do Mateus partir, o tempo de sua partida era antes da minha, assim como tempo de nascer, de viver e partir do seu (ua) Filho(a). O tempo de partir chegará para todos alguns irão antes outros depois, mas todos nós iremos um dia. Todos voltarão para o Lar Eterno.


Deus me concedeu a graça de ter duas jóias raras na minha vida, são elas "Rubi (Mateus) e Esmeralda (Raquel)": uma à luz da vida me trouxe, mas (que triste sina), como nada é para sempre, cedo a perdi  (para a outra vida). A outra, coube a tarefa de me acompanhar, em meus primeiros passos em minhas crises de aborrescência no  quiçá  das minha loucuras...
Amei-as igualmente, Teteu & Kekel uma pela falta e pela memoria, a outra pelo legado que me deixou sabedoria e a placidez de continuar a viver...

A SEPARAÇÃO - Entre mim e o meu Filhote chegou em nossas vidas em forma de tragédia, tão inesperada e tão brutal. Estamos separados pela existência da vida física, mais não separados pelo espírito, pelo amor, pelo coração, pelo Elo Eterno que nos uniu aqui na terra.
Tudo que eu fui para ti Meu Filho Amado, e tudo que você ainda é para mim estará sempre presente em minha vida, no meu viver, no meu coração em minha vida.
Nossos momentos vividos como Mãe e Filho são só nossos, e estarão sempre bem guardados em minha memória, em meu coração.
Sei que um dia chegará o momento da minha partida, então estaremos juntos  novamente. 
Enquanto isso, eu viverei a vida ao lado da nossa Querida e Amada Raquel ( Kekel), eu ainda posso me aconchegar, tocar, beijar, abraçar e rir ao lado dela, e as doces lembranças vividas ao teu lado será o nosso fôlego sobrevivência, desta forma continuaremos vivendo.
Sei que o Senhor Deus me ajudará, Ele tem cuidado de mim deste do dia da tua partida, tem sido meu Amparo  a minha Força Divina. 
Sei também que desta forma Deus que tudo sabe, te guardou de todo mal, te conservou puro como vieste ao mundo, voltando puro para Ele. 
Sei que junto d'Ele você estar seguro, protegido e resguardado, pois os dias aqui são maus, meu Amado e Querido Filhote Mateus Santos.  Com carinho Meu Teteu...    
                   
                          PARA SEMPRE MINHA FAMÍLIA  
Esta será sempre a minha família, foi Deus que me deu,  uniu-me ao meu esposo Valdeni, e por meio dele, Deus me concedeu filhos lindos e maravilhosos ( Mateus e Raquel ).   
                                     Aniversário de 9 Anos da Raquel         
O Mateus partiu, mais sempre estará em nosso meio, estará presente em nossos corações, em nossas lembranças, viverá eternamente conosco. A sua partida nós faz perceber o quanto amamos, o quanto ele é especial em nossas vidas.

CONSOLO E CONFORTO AOS CORAÇÕES DOS 
PAIS ENLUTADOS
SÓ NOS SABEMOS, O QUANTO ESSA DOR É GIGANTESCA EM NOSSO CORAÇÃO, O QUANTO A AUSÊNCIA DOS NOSSOS FILHOS AMADOS IMUNDOU AS NOSSAS VIDAS COM UM VAZIO SEM IGUAL, NOS DEIXANDO ENTRISTECIDOS, A SAUDADE NOS SUFOCA TIRANDO O AR E AS FORÇAS DA VIDA

QUE O NOSSO DEUS E PAI CELESTIAL CONSOLE E CONFORTE O CORAÇÃO DE CADA MÃE E PAI, DERRAMANDO SEU BÁLSAMO CURADOR SOBRE NOSSAS VIDAS, PARA ABRANDAR A NOSSA DOR E SAUDADE EM NOSSOS CORAÇÕES PELA PARTIDA PREMATURA DOS NOSSOS FILHOS AMADOS E QUERIDOS. 

QUE O NOSSO DEUS E PAI CELESTIAL CONSOLE E CONFORTE O CORAÇÃO DE CADA MÃE E PAI, DERRAMANDO SEU BÁLSAMO CURADOR SOBRE NOSSAS VIDAS, PARA ABRANDAR A NOSSA DOR E SAUDADE EM NOSSOS CORAÇÕES PELA PARTIDA PREMATURA DOS NOSSOS FILHOS AMADOS E QUERIDOS. 



ABRAÇOS FRATERNOS DE MÁRCIA SANTOS EM ESPECIAL 
AOS PAIS ENLUTADOS











7 comentários:

  1. MEUS SENTIMENTOS SEMPRE,IMAGINO Q A DOR É HORRIVEL,MESMO NUNCA TER PERDIDO UM FILHO EU FAÇO IDÉIA...SÓ SEI DE UMA COISA ELE ESTA AO LADO DE DEUS,
    ADORO VC E SUA FAMILIA,Q UM DIA HEI DE CONHECER,
    BJS..... FK NA PAZ...

    ResponderExcluir
  2. SINTO Sua Falta, Meu Amor, sei que você esta em Um Lugar melhor Anjinho Mesmo Assim Meu Coração doi de lembra que nunca mais vou te ver te abraçar ver aquela janelinha de (MATEUS SANTOS) entrando...
    Vou sentir pra sempre essas pequenas Faltas que você me tras era tão bom conversar com voce todo dia . qeria tanto tar na qele lago poder pular te salva. pegar você nos meus Braços Falar '' VOÇÊ TA SALVO'' mais o destino as vezes é cruel com nois e faz nois sofre .
    Mateus Meeu Primo vou Te Amar pra sempre sinto muito sua falta mais sei que voçê esta em um lugar melhor pertinho de deus ele sabe porque que voçê ta ai.
    e de Um Koisa eu sei se DEUS mandou voçê aqui na terra pra Cumprir sua Missaõ . Voçê Cumpriu direitinho (yn' meu amor te amo.
    LUTOO ETERNO. :'(

    ResponderExcluir
  3. Que saudade Mateus não consigo entender como você pode partir tão cedo,mas como foi dito você foi enviado por Deus para cumprir sua missão,e assim fez,a cumpriu e voltou para Deus.
    Como dói lembrar das nossas conversas de todos os dias e saber que não vou mais ter você pra me ajudar,pra perguntar se estou bem,ou pra brigar comigo...
    Mas Deus sabe o que faz,e sou grata por ter compartilhado um pouco da minha vida contigo.
    Mateus meu anjo,meu melhor amigo,vou te amar eternamente...
    Que Deus nos de forças para aceitar sua partida,mas sei que um dia vamos nos encontrar meu amigo,até logo.
    Eterno Mateus,te amo meu amor ♥

    ResponderExcluir
  4. Carta as maes que perderam seus filhos
    http://www.momento.com.br
    Carta às mães que perderam seus filhos

    Mãezinha querida… Seu coração está em pedaços…
    Não há dor maior do que a perda de um filho…
    Aprendemos a amá-los de uma forma tão grandiosa, tão completa, que não conseguimos mais enxergar o mundo sem a sua presença ao nosso lado.
    Descobrimos um tipo de amor que nos faz crescer e nos faz amar a vida como nunca antes havíamos amado.
    E subitamente são levados… Aos poucos meses, nos primeiros anos… Ou um pouco mais tarde. Levados de nosso regaço através da morte tão cruel.
    Mãezinha querida… Seu coração pede consolo, pede uma razão para continuar vivendo…
    E esta razão estará sempre em seu amor por eles.
    Primeiramente pelo amor aos que ficaram e respiram também o ar de seu amar: filhinhos, esposo, pais, amigos queridos.
    Mas também pelo amoraos que partiram porque, mãezinha querida, eles continuam a existir e a amá-la como antes o faziam.
    A morte não mata o Espírito e também não mata o amor.
    “Um pai, uma mãe, nunca deveriam enterrar seus filhos” – diz o pensamento popular, fazendo menção à ordem natural da vida para os que deveriam partir antes.
    Porém, a verdade é que você não enterrou seu filhinho, mãe: o que ali foi deixado sob a terra era apenas sua vestimenta corporal para esta breve encarnação.
    Seu filho, sua filha continuam existindo. E todo amor que construíram no aconchego de seu lar não foi perdido: será a semente de um novo amanhã, quando voltarão a se encontrar.
    Os planos maiores do Universo – ainda desconhecidos por nós – definiram que precisavam ir mais cedo, por razões especiais.
    Voltaram para a verdadeira vida, o mundo espiritual, onde estão recebendo todo auxílio necessário para que sejam bem recepcionados em sua nova realidade.
    Deus está com seus filhos nos braços, mãezinha.Segura-os através de seus tantos trabalhadores do bem, que estão encarregados de receber as almas após a desencarnação.
    Você não perdeu seus filhos, embora a realidade pareça mostrar isso diariamente, pelo buraco que suas ausências na Terra deixaram.
    Não… Você não perdeu seus filhos. A desencarnação é apenas o final de uma etapa e começo de outra.
    Não perdemos as pessoas, assim como não se perde o amor semeado no coração.
    Quando a saudade apertar e o ar parecer faltar, lembre, mãezinha, dos momentos felizes com eles, lembre de abraçá-los com carinho em suas orações aos céus.
    Eles receberão seu abraço e ficarão felizes por saber que em sua alma não há revolta, não há ódio ou rancor, há apenas a natural e saudável saudade.
    Através da oração você poderá manter um contato constante com eles, pois a prece une os “dois mundos”.
    Diga que os ama muito, que sente falta, é certo, e que é este amor que lhe sustenta os dias na Terra, esperando o sonhado momento do reencontro.
    Mãezinha querida… Você não está sozinha neste momento difícil: Deus está com você. Conte com Ele.

    Redação do Momento Espírita.

    ResponderExcluir
  5. Marcia, sei que ainda esta muito recente e que a dor tem sido uma constante em sua vida, estou passando pelo mesmo sofrimento. Tambem creio num Deus misericordioso e posso confiar que meu filhote, como seu, está na Gloria, estou me colocando a disposição para chorar, conversar, dividir, lamentar, orar e nos fortalecer porque eu entendo e sinto a sua dor, sei o que significa elo eterno. Fica com Deus, e forte para Raquel.

    ResponderExcluir
  6. Meu pai morreu no ano em que nasci, minha vó viveu até sua morte apenas esperando o momento de estar novamente com o filho! =(
    Me emocionei mto lendo este blog, pois lembrei da minha vózinha que mesmo perdendo o filho tão amado, nunca culpou a Deus, cuidou bem dos outros filhos, dos netos, nunca mais comeu os pratos favoritos do filho (achava que se ele nao podia comer, ela tb não podia) e sempre parecia estar faltando um pedacinho nela, mas a fé se manteve!

    ResponderExcluir
  7. Só Deus para nos consolar querida e nos fazer caminhar de fé em fé, mas tenho aprendido com Deus uma coisa somos de deus e no meu coração a morte não chega e não me toma, que o Senhor continue te sustentando e de usando até você também poder um dia dizer: Combati o bom combate completei a carreira e guardei a fé. Cristo em nós a esperança da glória e de que nossas famílias sempre estarão completas haja o que houver. E Deus limpará de seus olhos toda a lágrima; e não haverá mais morte, nem pranto, nem clamor, nem dor; porque já as primeiras coisas são passadas.
    Apocalipse 21:4.

    ResponderExcluir

MÃES E FILHOS ELO ETERNO

Loading...

CONTATOS FEITOS POR:

Telefones: (011) 5928-7080 ou (011) 98939-3955
Email: marushasantos@uol.com.br