O ELO MATERNO

O Elo Materno é a Ligação mais profunda e amorosa entre todos os elos existentes. Por isso a dor e a saudade da ausência do(a) Filho(a) que partiu doe e machuca o coração de uma mãe. Este Elo foi quebrado e como emenda-lo?
Quando nossos Filhos se vão, como continuar viver a vida? Quanto tempo precisamos para nos fortalecer? Dor e saudade será que poderemos supera-las? Existem outras pessoas que dependem de nós? O que mudou em nós? São perguntas que precisam de respostas, e só o tempo nos dará...

PESQUISAR NESTE BLOG

quinta-feira, 20 de outubro de 2016

OUTUBRO SAUDOSO

26 DE OUTUBRO DE 2016  - Este é o sexto mês de Outubro que passo sem  a tua presença física em nossa família, somente com as lembranças de todos os aniversários que passamos ao teu lado, e agora Filhote, são exatamente setenta e um meses da tua ausência. É uma data tão especial que não dá para ignora-la.


terça-feira, 20 de setembro de 2016

FATALIDADES

20 DE SETEMBRO DE 2016 - Entre os dias que vão se passando e, cada um deles tem sempre algo de bom ou ruim acontecendo. É impressionante como estão passando rápido demais. No incio os dias pareciam tão longos, doloridos e saudosos, agora são simplesmente saudosos e repletos de lembranças, ao longo destes setenta meses sem você meu Filhote, não sei como cheguei até aqui. Acredito que é a Força do Poder de Deus sobre mim tem me sustentado. Somente Ele para me consolar e trazer-me de volta a vida.
Hoje meu Filhote! Depois de todos estes meses eu percebo, o quanto é tão notório para mim as fatalidades que ocorrem no mundo todo, uma pior que a outra, com pessoas famosas e anonimas, e quanto elas acontecem são devastadoras, não há como explicar suas ruínas. E são tão poucas pessoas que conseguem se estruturarem novamente.
Viver e conviver com a dor da partida prematura de um(a) Filho(a), saber e ter a certeza que tudo que sonhamos e desejamos para este(a) Filho(a)não acontecerá em nosso tempo real, que nunca mais nesta vida poderemos expressar palavras ou gestos que não foram expressados por algum motivo, ter a cobrança intima que como pais poderíamos ter sido melhores (...) - Meu Deus! Quantas perguntas sem respostas, sonhos e desejos que se foram quando partiram. Cá ficamos desvatados com a dor, tristeza, saudade, lembrança e um luto interno dentro do coração, um luto que é só nosso e de ninguém mais. Algumas pessoas nunca vão entender o que passamos.
Contudo, há possibilidade de escolher, e esta escolha irá refletir no vindouro. Eu escolhi chorar e lamentar este desligamento do mundo material o qual estamos todos ligados, até que o Pai celeste nos desligue, eu, meu esposo e a minha filhota nos lançamos aos pés do Senhor Jesus e clamamos pelo eu Consolo e Conforto Divino e ao tempo de Deus a dor foi se abrando em nossas vidas, restando a saudades, muitas saudades e lembranças, não há um dia que não falamos do nosso Teteu com amor e ternura, o amor permanece entre nós.
FATALIDADE - É a característica ou particularidade do que é fatal. Aquilo que não se consegue evitar por mais que tentamos; fado ou fatalismo. Uma circunstância marcada por um infelicidade. E surpreendente como possui vários sinônimos: fado, tragédia, revés, infortúnio, flagelo, desgraça, catástrofe, calamidade, adversidade, fatalismo.
Esta infelicidade nos seguirá pelo tempo de nossas vidas, ou pelo tempo de nossa existência. Na verdade somente as pessoas marcadas por esta circunstancia fática terão suas vidas transformadas pela dor, pela saudade e pelas lembranças, ela é aquilo que não queremos e não pudemos evitar, não houve a escolha.
Na realidade se pudêssemos escolher com toda certeza não iriamos querer passar por ela. 
As vezes fico observando ao ouvir pessoas que expressam palavras que formam  uma frase de apatia que são dirigidas aos pais enlutados, seja uma mãe ou um pai que estão em pleno luto interno e eterno, e pergunto a mim mesmo. Será que vale a pena responder alguma coisa? Porém, sou tomada por um silêncio que é o melhor recurso para ser dado as tais pessoas apáticas. Foi o que o tempo me ensinou.
Sabe, não se trata de ser o melhor, mas sim de dar o melhor que temos a Deus. Sim, Filhos são sempre Filhos, estejam eles presentes ou ausentes em nossas vidas, eles serão, sempre Filhos, e também, com toda a certeza o melhor que temos e são muito melhores do que somos. Isto levou Deus a tomar para Si próprio. 
Basta que leia em qualquer Bíblia o versículo; "Assim acontece com vocês: agora é hora de tristeza para vocês, mas eu os verei outra vez, e se alegrarão, e ninguém tirará essa alegria de vocês" - João 16:22.
Pais enlutados estão entristecidos o tempo todo, mas haverá o dia em que estaremos alegres novamente e desta vez será para todo a eternidade, a nossa dor, triste e saudade durará aqui neste mundo. Acredite que a dor e a tristeza ficará leve em nossos corações quando nos apegarmos com Deus, e que, a saudade será abrandada com as lembranças. Tudo que vivemos aos lado dos nossos Filhotes tem uma finalidade muito maior que a desconhecemos, "Apega-te, pois, a Ele, e tem paz e assim te sobrevirá o bem" - Jó 22:21.
Eu sei que não é fácil, nunca será para os pais enlutados, mas descobrir que também não é impossível quando decidimos algo em prol dos nossos Filhos, que fatalmente refletirá em nós, "Vinde, voltemos ao Senhor, Ele feriu-nos, Ele curar´; Ele causou a ferida, Ele a penserá" - Oséias 6:01. 
Acredite. Isto acontecerá, quando acreditar em Deus novamente, sua fé voltará, sua esperança se fará presente, e o Amor aflorará mais forte do nunca em seu coração, é somente dele que precisamos, do Amor para amarmos Incondicionalmente os nosso Filhos que se foram e dos que ficaram e permanecem ao nosso lado apesar de todos os nossos dissabores.
Ao longo desses anos, longe do meu Filhote apenas fisicamente, enquanto o tempo passava, percebi que fatalidades ocorriam o tempo todo ao meu redor, ou melhor, ocorrem o tempo todo na vida de alguém, na família de alguém, não tem hora certa, não tem lugar determinado, todas elas são devastadoras, porém, nenhuma delas se compará, não se mensura a sua intensidade e profundida quando é um fatalidade que se refere a Filhos, ela é aniquilante, independentemente de sermos famosos ou anônimos, ricos ou pobres, brancos ou negros, nisto somos todos iguais.
Resumindo; o fato é que não escolhemos nenhuma fatalidade e nem seguir imaginamos que ela poderá ocorrer em nossas vidas, na verdade somos escolhidos por ela, sem sermos avisados.
"Sejam fortalecidos com todo o Poder, segundo a maravilhosa Força da Glória de Deus, para que, com alegria tenhais absoluta constância e firmeza de ânimo para  tão esperando Reencontro - Colossenses 1:11
"O Senhor te abençoe e te guarde; faça resplandecer o seu rosto sobre ti e te conceda graça; o Senhor volte para ti o seu rosto e te dê paz hoje e sempre"- Números  6:24 ao 26


ABRAÇOS FRATERNOS DE MÁRCIA SANTOS E FAMÍLIA AOS SEGUIDORES E LEITORES EM ESPECIAL AOS PAIS ENLUTADOS



sábado, 20 de agosto de 2016

MUITO ALÉM

20 DE AGOSTO DE 2016 - O tempo continua passando e antes que me dou conta é chegado mas um mês e agora são sessenta e nove meses sem você meu Filhote. E tantas coisas tem acontecido, tantas mudanças ocorreram e não param e acontecer. Entre tudo a Bendita Saudade não muda, o tempo todo se faz presente em minha vida, o meu Amor por ti não tem tamanho e nem dimensão. 
Estes são dois sentimentos internos, intensos e eternos que vivem em harmonia comigo, é por meio deles que eu te sinto todos os dias, e sei que não há distância alguma que podem impedi-los de aflorarem tão intensamente dentro de mim. 
Há dias que são amenos outros são mais fortes, porém a forma é única, me fazem lembrar  de ti, e de tudo que vivemos juntos. As vezes penso que isto é o lado bom de ser viver quando a presença física do ente querido que amamos não se faz presente diante dos nossos olhos.
Não temos outra escolha a fazer, temos que continuar caminhando, ainda que em passos lentos e saudosos. As coisas vão acontecendo de uma forma ou de outra, sejam boas ou ruins, uma após outra vão surgindo e temos que vive-las com resiliência e resignação.
MUITO ALÉM - Deste a partida prematura do meu Filhote no dia 20 de novembro de 2010, tenho passado por várias fases do luto entrando e saindo de muitas delas percebendo que algo diferente sempre acontecia de bom. Acredite mesmo no luto acontecem coisas boas. Eu não sei em que momento acontece, mas acontecem para todos, é exatamente o momento de escolher se queremos desfalecer com o luto ou viver com o luto, portanto este é o ponto circunstancial que definira como viveremos os nossos dias.

MUITO -  É um termo de quantidade como também de abundância.
ALÉM - Palavra que possui vários sinônimos, mas ficarei como este "adiante".
Hoje eu digo; que a escolha que fazemos neste determinado momento do luto é que nos levará adiante, iremos muito além do que possamos imaginar, suportar e fazer o que não acreditávamos que poderíamos. 
Não é fácil, nunca será para ninguém, por causa da dor que é tão aniquilante, ela é capaz de destruir o que temos de melhor em nós. Eu não poderia deixar que a dor da perda pela partida prematura e tão inesperada do meu Filhote destruísse o meu melhor. 
Então, eu decidi continuar, com o proposito de Amar Incondicionalmente o meu Filhote e a minha família mesmos eles estando em mundos diferentes, descobrir que meu Amor é único por eles.
Me desfalecer no luto em tamanho âmago e dissabores me sentindo a vítima injustiçada dos desígnios de Deus, isto não iria trazer o meu Filhote de volta aos meus braços e nem tão pouco me levaria para ele como a mãe que ele conheceu e viveu. 
Um dia em pleno choro desesperador, suplicando a Deus o seu conforto em meu coração e a paz para prosseguir, comecei ouvir esta musica e algo despertou em mim, e sei que foi neste dia que fiz a minha escolha. Escolhi viver com resignação e resiliência pelo tempo dos meus dias - Me dá poder de filho - Marcelo Aguiar.
Não se trata de credo religioso, mas apenas de Deus, continuar reconhecendo que Ele é o Supremo Criador, voltar de fé e esperança e acima de tudo ama-Lo incondicionalmente. 
Esta dor tão aniquilante que um dia tomou por completo o meu coração, Ele aos poucos  a medida que eu  fui permitindo foi derramando gota a gota o seu Balsamo Curador, durante o passar do tempo foi um tratar diferente, não doe mais, só há apenas saudade, muita saudade e muitas lembranças.
Eu sei que irá chegar a hora que o Senhor me chamará e este momento irá chegar, eu irei e quero ir sabendo que cumprir a minha missão mesmo que ela tenha sido a base de dor, mas não foi maior que que a base do meu Amor. E não haverá âmago e dissabores para apresentar neste dia, apenas muito Amor.
Talvez você pense que estou fantasiando uma situação, a qual nunca chegará acontecer na sua vida. Digo que só depende de você e de mais ninguém. Depois da escolha, vem a entrega sincera para prosseguir, e aos poucos você irá perceber do que é capaz de fazer mesmo estando em dor e com muita saudade. 
Quando entendemos que o Amor que sentimos é muito maior que a dor aniquilante e dilacerante que sentimos, sentimentos que são concomitantes. O Sublime Amor nos ajudará nos levantar a começar e continuar prosseguindo para vê-los felizes junto do Pai Celeste. Pense, seu(ua) filho(a) merecer ser amado(a) enquanto você estiver nesta terra com o teu melhor(...). Isto é ir MUITO ALÉM
"Sejam fortalecidos com todo o Poder, segundo a maravilhosa Força da Glória de Deus, para que, com alegria tenhais absoluta constância e firmeza de ânimo para  tão esperando Reencontro - Colossenses 1:11
"O Senhor te abençoe e te guarde; faça resplandecer o seu rosto sobre ti e te conceda graça; o Senhor volte para ti o seu rosto e te dê paz hoje e sempre"- Números  6:24 ao 26


ABRAÇOS FRATERNOS DE MÁRCIA SANTOS E FAMÍLIA AOS SEGUIDORES E LEITORES EM ESPECIAL AOS PAIS ENLUTADOS

                                          


MÃES E FILHOS ELO ETERNO

Loading...

CONTATOS FEITOS POR:

Telefones: (011) 5928-7080 ou (011) 98939-3955
Email: marushasantos@uol.com.br