O ELO MATERNO

O Elo Materno é a Ligação mais profunda e amorosa entre todos os elos existentes. Por isso a dor e a saudade da ausência do(a) Filho(a) que partiu doe e machuca o coração de uma mãe. Este Elo foi quebrado e como emenda-lo?
Quando nossos Filhos se vão, como continuar viver a vida? Quanto tempo precisamos para nos fortalecer? Dor e saudade será que poderemos supera-las? Existem outras pessoas que dependem de nós? O que mudou em nós? São perguntas que precisam de respostas, e só o tempo nos dará...

PESQUISAR NESTE BLOG

terça-feira, 20 de janeiro de 2015

SOBREVIVENTES DO LUTO

20 DE JANEIRO DE 2015 - É o primeiro mês deste ano que se inicia, e nele completa cinquenta meses da tua partida meu Filhote., Meu Deus! tantas coisas aconteceram e muitas ainda irão acontecer porque eu continuo sobrevivendo a tua ausência em minha vida. Eu acredito que estou em uma nova fase deste Luto Interno, e ainda sim, lembro e falo de você constantemente, me faz tão bem expressar algo de você para alguém que esteja disposta a me ouvir. Sabe Filhote, é impossível te esquecer provavelmente esta palavra não existe no vocabulário de Pais e Mães Enlutados, a única que se faz continua o tempo todo em nossas vidas é a saudade.
SAUDADE - Ela realmente é o melhor sentimento que podemos ter de alguém que ainda amamos incondicionalmente, e claro, independentemente ao tempo e a distância que os separam entre dois mundos diferentes ao mesmo tempo que ela é fulminante aos olhos por contada da presença física ausente em nossas vidas que é preenchida com as lembranças (nossas preciosas internas e individuais lembranças) dos momentos que foram vividos ao lado deste ser amado - Diria que ela é concomitante.
Como pode um único sentimento causa tais sensações aos que ficam? Existem várias respostas algumas ruins e outras boas -  Bem eu prefiro as boas, nelas eu me encontro com meu Filhote de forma harmoniosa e amorosa, aliviando a dor de sua partida.
Tudo isto é um processo individual de cada um por não ter regras e nem receita, apenas a cumplicidade e o compartilhamento de pessoas que estão vivendo o luto em fases diferentes, procurando um alivio. A cura ela só vira quando partimos deste mundo, mas para isto precisamos acabar a nossa missão, não podemos partir deixando inacabada, precisamos ser o socorro de alguém em desespero.
SOBREVIVENTES DO LUTOEu acredito que estou na fase da Eterna e Interna Saudade pelo meu Filhote, Deus me sinaliza que de agora em diante será sempre assim - Serei uma sobrevivente do Luto. Mesmo que as vezes as lágrimas escorram silenciosamente dos meus olhos, que eu seja tomada por lembranças do que vivemos, que a saudade floresça em mim em diversos tamanhos em determinados momentos.
Mas não terei; as crises de choro desesperador, a revolta pelo fato de ser o meu Filhote, os conflitos dos porquês, a culpa por ficar neste mundo, a insegurança, a dúvida, a falta de confiança, a ausência do amor, a incerteza do futuro, o estado catatônico, a fé enfraquecida em Deus, sem nenhuma razão para continuar a viver, quem foi o culpado e ainda onde eu errei (...)
Tantas e tantas outras questões que nos envolvem de forma aniquilante. Na verdade podemos até nos sucumbir se ficarmos presos a esta primeira fase do luto nunca saindo dela, não avançando para as demais fases do Luto Interno.
Caso você me pergunte quantas fases são? Respondo: Não sei quantas fases compõem um luto interno, mas não acredito em teorias de luto, apenas a vivência do luto que nos trazem momentos diferenciados, que iremos descobrir juntos, eu ao meu tempo e você em seu tempo, mas juntos, por vivermos a mesma situação.
Mesmo em estado de luto interno contínuo pelos nossos filhotes, temos algo definido dentro de nós, nunca mais seremos os mesmos de antes, nada mais será como antes, isto é um fato concreto, não importa o quando Deus nos abençoará nos concedendo momentos alegres ao lado de familiares e amigos, se obtivermos todas as conquistas que possam surpreender a nós mesmos,  o quanto de realizações alcançaremos, ainda que os nossos dias sejam cada vez melhores, mesmo assim nunca mais seremos completos totalmente.
Ninguém que tem parte do seu corpo retirado, mutilado ou amputado por algo repentino que ocorreu possui um corpo completo novamente, mesmo que receba através de transplantes os mesmos órgãos, mãos, braços, pés e pernas protéticos. Enfim, não será o mesmo, poderá voltar a fazer as atividades lentamente desfrutando de um tempo maior que antes, e nem tão pouco poderá esquecer da parte do seu corpo e como era. 
Assim somos nós, nossos Filhotes são parte de nós como um todo sendo impossível esquece-los ou deixa-los no passado. Eles não são experiências ruins que devem ser deixadas no passado e serem esquecidas, pessoas que pensam assim não tem a mínima percepção que se tratam de realidades diferentes, e por isto, precisam ser vividas de formas diferentes. 
Eu como Mãe, e acredito que você também precise do passado vivido com nossos Filhotes para continuarmos a viver o presente preservando o futuro que é vivermos não das lembranças, e sim, voltar a viver com eles na Presença de Deus Pai no Eterno Lar de Glória. Entre o passado e o futuro exite o presente e somos nós que escolhemos como viver este presente. Eu escolhi viver de lembranças e com meu Filhote em meu coração em todo o momento, pois a ausência constante dele através de sua partida em minha vida já se encarregou de provocar saudade e dor.
REFLEXÃO MÁRCIA SANTOSQuando meu Filhote partiu tão prematuramente, num dia comum em minha vida. Fiquei anestesiada por quase três meses, que pareciam intermináveis. Mas eu pude perceber claramente que independentemente do que somos como pessoas, de que forma vivemos, dos bens que possuímos e do que mais gostamos nesta vida; a partida deste mundo é que nos iguala sem equiparações. Todos partiremos em algum momento predestinado por Deus.
O corpo o qual habitamos totalmente inerte dentro de um caixa de madeira aguardando a  decomposição desta matéria, até que chegue aos restos mortais do que um dia foi uma vida, um corpo ambulante neste mundo, ou seja, aguardando que os vivos decidam como será este processo de extinção, através de um sepultamento ou de uma cremação. 
Não escolhemos e nem decidimos mais nada, salvo aquelas que puderam em vida pedir para alguém de sua confiança o que fazer neste momento. 
Eu e meu Filhote nunca falamos tal coisa. Porém, foi eu juntamente com meu esposo que escolhemos vesti-lo com sua calça e camiseta que ele mais apreciava, sobre o seu corpo a bandeira do seu time Santos, foi assim, e foi tudo que ele levou consigo dentro daquela caixa de madeira, sobre o jazigo coroas e vasos de flores, muitas flores.
Triste, mas desta vida nada se leva, só se deixa. Foi quando eu percebi que tudo que era dele, todos os seus pertences, tudo que foi feito deste a sua chegada para o seu bem estar, tudo, tudo, tudo, absolutamente tudo havia ficado conosco e foram tantas coisas escritas, ditas, feitas, exemplos.
Todo seu seu jeito de ser, de viver ficou conosco e não será esquecido em tempo algum de minha vida ou de minha família.
Pense nisto, só se deixa (...) Então porque não deixar o melhor de nós ainda que estejamos feridos e doloridos. O melhor sorriso, o melhor abraço, a melhor intenção, a melhor compreensão e a maior porção de Amor para que seja a melhor e mais linda história de alguém que partiu, que fez a diferença na vida de outras pessoas.
Amo meu Filhote, e sempre o amarei, a sua história em quanto vida eu tiver, eu contarei... 
"O Senhor te abençoe e te guarde; faça resplandecer o seu rosto sobre ti e te conceda graça; o Senhor volte para ti o seu rosto e te dê paz hoje e sempre"- Números  6:24 ao 26
ABRAÇOS FRATERNOS AOS SEGUIDORES E LEITORES EM ESPECIAL AOS PAIS ENLUTADOS DE MÁRCIA SANTOS E FAMÍLIA.


MÃES E FILHOS ELO ETERNO

Loading...

CONTATOS FEITOS POR:

Telefones: (011) 5928-7080 ou (011) 98939-3955
Email: marushasantos@uol.com.br