O ELO MATERNO

O Elo Materno é a Ligação mais profunda e amorosa entre todos os elos existentes. Por isso a dor e a saudade da ausência do(a) Filho(a) que partiu doe e machuca o coração de uma mãe. Este Elo foi quebrado e como emenda-lo?
Quando nossos Filhos se vão, como continuar viver a vida? Quanto tempo precisamos para nos fortalecer? Dor e saudade será que poderemos supera-las? Existem outras pessoas que dependem de nós? O que mudou em nós? São perguntas que precisam de respostas, e só o tempo nos dará...

PESQUISAR NESTE BLOG

segunda-feira, 26 de dezembro de 2011

NATAL SEM MEU FILHOTE - ANO NOVO, TUDO DE NOVO


Dia 24 de Dezembro de 2011 véspera do Natal, não estava como o Natal de 2010 petrificada, anestesiada, impactada ou entorpecida com a partida inesperada do meu Filhote, não preparei nenhuma ceia natalina, mas recebemos alguns amigos em casa e telefonemas de pessoas que ainda estão solidárias conosco, na virada eu e minha Filhota Kekel como de costume, dessa vez sem o Teteu, fomos até a janela para ver os fogos, o céu a noite fica todo lindo com tantos fogos de artifícios, depois nos abraçamos, ficamos um pouco ainda acordados, e por fim falei ao meu esposo o desejo do meu coração: "Neguinho quero ir ao cemitério para ver se colocaram a placa de identificação no jazigo e ficar um pouco lá, sei que não verei o Teteu, mais estarei perto do seu corpo, tudo bem pra você?", meu esposo respondeu: "tudo", passou algum tempo fomos dormir.

SAIBA QUE - Na verdade não se sabe ao certo, nem o dia em que o Senhor Jesus nasceu e nem há quantos anos exatos esse fato ocorreu, há um erro na contagem desses anos que hoje atribuímos a partir do Calendário Gregoriano, o mesmo contém um erro que pode ser de mais 4, 6 ou mais anos. Portanto já estaríamos comemorando, pelo menos 2014 aniversários de Jesus, isto desde que ele veio a Terra. 
Natal significa Nascimento, e isso quer dizer aniversário, a data do nosso aniversário é o nosso Natal. Porém, embora muitos desconheçam esse fato, a data do nascimento do Senhor Jesus não é sabida com exatidão, ou seja o dia 25 de Dezembro não é o dia do Natal do Senhor Jesus Cristo. Dessa maneira a única coisa certa que temos quanto ao dia 25 de Dezembro é que este não foi o dia do nascimento do Senhor Jesus, mas isso não impede que o comemoremos neste dia, pois ninguém sabe ao certo quando foi que o Senhor Jesus Nasceu.
Dia 25 de Dezembro de 2011 Natal, enfim chegou o dia, fomos ao Templo participamos do culto Natalino, acredito que todas as denominações religiosas tem a sua forma de viver este momento chamado "Natal",  voltamos para casa tomamos um café da manhã bem reforçado, eu não pensava em nada só queria ir ao cemitério, não queria ir para casa de familiares, convite não faltou, o que estava faltando era desejo de estar em qualquer almoço natalino em qualquer lugar onde eu havia estado com meu Filhote. Algumas pessoas sem pensar se iria me machucar ou não falaram que era muito triste vim em minha casa e não ver o Teteu, apesar de ser verdade, quando ouvia isso me condoía muito, porém eu entendia e respeitava, mas quando chegou a minha vez de falar que não iria em determinado lugar por lembrar o meu Teteu, as pessoas não me entenderam e não aceitavam que isso também me machucava e me entristecia com as lembranças daquele lugar.

Durante o trajeto ao cemitério meu coração batia aceleradamente, eu soava frio, o meu estado era de ansiedade para chegar logo. Chegamos, olhamos e vimos que as 8 salas de velórios estavam repletas de pessoas velando os seus entes queridos que haviam partido, fomos para o local do sepultamento, onde vimos muitas sepulturas fechadas recentemente com seus vasos e coroas de flores e outras abertas, desci do carro e fui de encontro ao meu Teteu, desta vez foi fácil de achar, devido a placa de identificação, no primeiro momento meu esposo e minha Filhota não me acompanharam, eles sabiam que eu precisava daquele momento a sós, somente eu, trazendo em minha memória a imagem viva do meu Filhote, o seu corpo ali dentro da caixa na profundidade da terra e Deus. Comecei falar com Deus expondo os meus sentimentos: "Senhor Tu poderias tirar todas as bençãos designadas para minha vida para deixa-lo aqui comigo, sabes que eu daria a minha vida se preciso fosse pela vida do meu Filhote se tivesses falado comigo em oração da Tua Vontade sobre a minha família... Eu não pude interceder por ele e Tu escolhestes, e levastes ele dos meus afagos de mãe, em vez de mim... Senhor minha amiga Annalu a mãe de Rafa que também esta junto de Ti, ela esta certa no que diz no seu Blog, enquanto nossos Filhotes Amados (Teteu e Rafa) voltam ao pó, somos mães como vasos deformados nas Mãos do Oleiro que precisam ser moldados... Hoje eu me sinto como ela estava, um vaso deformado sem serventia...", enquanto orava lembrei-me do filme "Antes que termine o dia", se fosse possível, voltar ao dia 20 de Novembro de 2010, quando de repente fiquei irritada, angustiada e queria vim embora para casa, uma hora antes de tudo acontecer, as lágrimas desciam, o meu coração doía, o ar me faltava, minha Kekel veio me abraça ouviu parte da minha oração com Deus, beijou-me e abraçou-me, percebi que diante da minha dor e lágrimas estava alguém que eu poderia interceder para tê-la comigo, disse ao Senhor: "Ainda tenho tempo de perdi pela minha Filhota o que pediria pelo meu Filhote ao Senhor, que se faça em mim, tires as tuas bençãos, tire minha vida, se preciso for, mais deixai ela viver...".  Saímos juntas porque entendemos que meu esposo precisava do seu momento junto ao nosso Filhote Amado... Passou algum tempo... Ele se ajuntou conosco dentro do carro dizendo: "Passamos o Natal com o nosso Teteu", estas palavras soaram como música suave aos meus ouvidos. Ficamos observando que algumas pessoas vão visitar os seus entes queridos e depositam flores em seus jazigos nesta época do ano.

Depois meu esposo decidiu que iríamos dá uma passadinha na casa de minha cunhada Solange, já passava da 16:00hs da tarde quando chegamos, confesso que o meu coração estava fechado para qualquer tipo de confraternização natalina, me sentia como aquele filme de Milos Forman "um estranho no ninho", ou como o trecho da música do Renato Russo "festa estranha, com gente esquisita, eu não tô legal", estava no meio de familiares e amigos que estiveram reunidos na chácara no dia 20 de Novembro de 2010 para oficializar o noivado do meu sobrinho Luciano quando o Teteu partiu, estar ali... no meio daquelas pessoas sem ele, era estranho e esquisito para mim, me sentia uma estranha no meio deles. 
Prometi a mim mesma que jamais me colocarei novamente numa situação como esta, o que irão pensar ou falar não me interessa, se eu estou sobrevivendo a dor da partida, da saudade e da tristeza em pleno luto pelo meu Teteu, sobreviverei as vãs conversações, pois os sentimentos que estão em meu coração, só o Senhor Deus e Pai Celestial tem conhecimento verídico...

ANO NOVO, TUDO DE NOVO - É o ano 2012 está se aproximando, logo estaremos vivendo os primeiros minutos de um ano, desejando que todos os dias sejam felizes e cheios de novidades, aos meus olhos só mudarão os numerais um para dois, a nossa vida vai permanecer igual. É claro muitos viverão este ano, outros deixarão de viver, acreditar que seremos melhores do que fomos nos anos anteriores, acho difícil, o ser humano não procura melhorar a si próprio, ele terá 365 dias do ano para comemorar o nascimento do Senhor Jesus ao mundo, para nos conceder a Graça e o Favor Imerecido morrendo na Cruz do Calvário pelos nossos pecados, pois só estará disposto a comemorar a "Sexta Feira Santa" ou "Sexta Feira da Paixão de Cristo"no dia 06 Abril de 2012.
Será um momento Solene, se refere a uma Missão Cumprida perante os homens da terra e o  Retorno do Senhor Jesus ao seu Reino Celestial de Glória ...  "Bendito seja o Deus e Pai de nosso Senhor Jesus Cristo, O qual nos abençoou com todas as Bênçãos espirituais nas Regiões Celestes em Cristo", Efésios 1:13 e novamente o Natal 25 de Dezembro de 2012, espere e verás...

No decorrer deste ano, tudo será como sempre foi, os alvos e objetivos são sempre os mesmos as realizações também, muitos terão que lidar com perdas de entes queridos, parece um ciclo vicioso da vida.
Alguns desempregados conseguirão trabalhar, outros continuarão trabalhando naquilo que sempre fez, outros trocarão de carro ou manterão o que tem, outros comprarão uma casa, outros terão aumento de salário, outros serão promovidos em suas funções, outros comemorarão casamentos, nascimentos, noivados, aniversários e as demais datas comemorativas do ano. E ainda outros chorarão divorcio, separação, a perda do ente querido, outros sofrerão com enfermidades, vícios bebidas e drogas, prostituição, violência e a marginalidade. Também outros  se decepcionarão na vida, no amor, no mercado de trabalho, com as pessoas. Outros ainda se alegarão até mesmo com a desgraça alheia do seu próximo, é ou não é as mesmas coisas todos anos, somente mudará o placar no grande telão numérico da vida como já havia mencionado "parece um ciclo vicioso da vida", do qual todo ser humano esta condicionado a viver.
Mesmo assim, eu espero que consigas ser Feliz em 2012, tendo muita saúde para dela poder desfrutar o melhor que a vida podes te oferecer, pois sem ela nada poderás fazer, saúde é Dom gratuito que o Senhor Deus deu ao homem,  pois o resto ele pode adquirir com força e trabalho e com dinheiro podes comprar o que quiser.... 
"Que as Bênçãos do Senhor Deus e Pai Celestial estejam sobre você e toda a tua família"

                         ABRAÇOS FRATERNOS DE MÁRCIA SANTOS E FAMÍLIA
           AOS SEGUIDORES E LEITORES E EM ESPECIAL AOS PAIS ENLUTADOS
                                         DO BLOG MÃES E FILHOS ELO ETERNO 


terça-feira, 13 de dezembro de 2011

NATAL SEM CHOCOTTONE

O Natal de 2010, eu estava petrificada, impactada, anestesiada, entorpecida com a partida inesperada e prematura do meu Filhote, a dor, o vazio, a saudade e a tristeza eram gigantescas em minha vida, não que estes sentimentos tenham amenizado com o tempo, por experiência própria, as pessoas nunca deveriam falar; "que o tempo cura tudo", pois a partida de um filho amado nunca é curada na vida de uma mãe ou pai enlutado pelo seu filho. 
Fotos em Tupã Natal de 1993
Neste ano que se passou, exatamente treze meses, eu continuo sentido dor, vazio, saudade e tristeza, estes sentimentos se fazem presente todo tempo da minha vida, eu apenas me habituei com eles, é como se estes sentimentos fossem uma cicatriz em qualquer parte do corpo, ainda que o tempo passe ela vai continuar sempre ali, esta deixada pelos sentimentos esta no mais intimo do meu ser, nem adianta falar que ainda é cedo para eles amenizarem, isto tudo não tem sentido as pessoas falam o que querem, porém sem sentir, pensam que o tempo cura tudo e que tudo pode ser substituído, pode ser que cura um amor com outro amor, um emprego com outro emprego, um namorado com outro namorado, uma casa com outra casa, um carro com outro carro, uma jóia com outra jóia e assim por diante, mas um filho não substituí com outro filho, o que partiu é Insubstituível, por isso pensar, falar e não sentir, então é melhor que não fales nada, pra não falar o que não tem noção, sem sentimentos, o que realmente não sente no coração.
Não existem teorias, regras ou práticas para amenizar a dor da partida de um Filho Amado, o que existe é algo sobrenatural que nos fazem nos apegar a Ele mediante a nossa confiança e fé acreditando que Ele fará a diferença em nossa vida neste momento onde ninguém mais fará, é a Presença de Deus Pai.
Novamente o Natal de 2011 se aproxima o dia 24 de Dezembro, a véspera do Natal, sei que ela chegará e terei que enfrenta-la, como tenho enfrentado todas as datas comemorativas do ano com tristeza no coração e com muitas lembranças que vem em minha memória de tudo que vivi, sozinha não tenho forças para suportar, em todas tenho me apegado com Deus, e esta data não será diferente, peço a Deus que me ajude a suportar, pois eu sei que o mundo estará em plena festa pelo nascimento do Senhor Jesus a este mundo, e eu, estarei triste pela partida do meu Filhote para Reino de Deus Pai, é tão estranho, mas exatamente no dia 24 de Novembro estava sepultando o corpo do meu Filhote, a separação só houve fisicamente, eu o amarei e levarei meu Filhote em meu coração por onde for ... por toda a minha vida...

RESTRUTURAÇÃO - Certa vez, eu estava na casa da minha cunhada Rosemeire, após o almoço de domingo, fomos cuidar da louça suja, enquanto ela lavava eu ia secando e guardando, a conversa ia fluindo entre nós, entre muitos assuntos que conversamos, estacionamos na partida do meu filhote, em certo momento falei a minha cunhada Rosemeire que eu; "precisava reestruturar minha vida novamente", ela falou: "reestruturar, isso não tem como reestruturar", percebi que ela não entendia a que eu estava me referindo sobre reestruturação da minha vida. É muitas pessoas não entendem o que queremos expressar, acredito que dentro do coração de mãe e pai enlutados pelo seus Filhos os sentimentos mudam e os pensamentos também, alguns vão além mudando nossas atitudes na rotina de nossa vida. 
O apego em certas coisas do mundo desaparece completamente, o objetivo é voltar a estar novamente ao lado do Filho que partiu "o Senhor o deu e o Senhor tomou;"  Jó 1:21b, desejando que o tempo passe rápido, quanto mais acelerado for, melhor, talvez menos dor e saudade sentiremos. É como se tivéssemos nos preparando para partir á qualquer momento, os anseios das coisas do mundo não nos atraem como antes, o que as pessoas jugam ser tão importantes em suas vidas, deixam de ser para nós mães e pais enlutados, a nossa visão vai além de uma mãe e pai que ainda tem seus Filhos em seu regaço, nós percebemos que nada do que existe neste mundo levaremos conosco, quando olhamos para os pertences e tudo mais que ficou do nossos Amados Filhos conosco, nem o nosso corpo que carrega o nosso espírito não entra no Reino de Deus, essa matéria chamada corpo humano apodrecerá com um odor tão insuportável á sete palmos de profundidade da terra dentro de uma caixa de madeira, restando somente os ossos que chamamos de "restos mortais" para serem guardados na gaveta ossária por tempo indeterminado até que sobram somente as cinzas ou de um modo mais acelerado a cremação, o final é sempre o mesmo voltaremos ao pó "e o pó volte a terra, como o era, e o espírito volte a Deus que o deu" Eclesiastes 12:07, ainda que muitos vivam neste mundo como se isto nunca irá acontecer com eles, este é o verdadeiro final do ser humano virá pó.
Fotos em Tupã Natal de 1993
Voltando a reestruturação, antes do nascimento do Teteu eu tinha uma estrutura de duas colunas como base de vida. Desde que o Teteu nasceu a minha vida ganhou uma estrutura diferente, a base de três colunas, depois veio a Kekel a base de quatros colunas, aos meus olhos nada poderia ser melhor, estava realizada como mãe e esposa.
Minha vida tinha quatro colunas que a sustentava, pontos que eu julgava firmes e inabaláveis, sendo a Presença de Deus a cobertura. Tudo do Teteu, incluindo seus hábitos, gostos e costumes foram colocados nesta estruturação agora com três bases. Ir ao supermercado e pegar nas prateleiras tudo que ele gostava e trazer para casa deste pequenino, ir a feira e trazer suas frutas prediletas, ir a lojas para comprar as roupas, tênis, boné que melhor combinava com seu estilo, com seu jeito de ser, o que lhe agradava, o seu perfume, etc ... enfim tudo aquilo que ele necessitava para o seu dia-a-dia de existência, para cada data comemorativa algo que ele gostava ao seu modo.
Eu tive que aprender a me estruturar, pois, as quatros bases se tornaram três, mas a Presença de Deus continua sendo a cobertura e sempre será. Hoje continuo indo ao mercado, a feira, as lojas, o que era habitual do gosto dele, não trago para casa, apenas olho com tristeza no coração de não poder trazer, pois não terá ninguém para saborear, a minha Filhota Kekel tem outros hábitos, gostos e costumes diferentes que não são os do Teteu. Nesta época do ano sempre íamos ao supermercado ou as lojas comprar panettones, antes de chegar o Natal já estávamos tão fartos de comer panettones, quanto chegava o dia do Natal só em olhar, já estávamos por satisfeitos, o Teteu se deliciava com uma coca-cola e chocottone.
Recentemente fomos ao supermercado e compramos panettones de frutas, o chocottone ficou na prateleira do supermercado somente o Teteu gostava de chocottone em casa, o de mousse era o seu predileto, aliás tudo para ele deveria ser de chocolate, ele saboreava com um vontade tão gostosa que dava prazer de comprar.
Não sei se algum dia poderei sentir alegria contínua em meu coração, agora em tudo que faço por mais simples que seja, eu sinto a ausência física do meu Filhote, com isto a lembrança de uma determinada situação vivida ao seu lado toma conta de mim, mesmo que seja um momento novo e diferente, minha mente fala ao meu coração: "Ah! se o Teteu estivesse aqui...", talvez seja porque ele não esta presente, e eu não posso ver a sua reação, o seu sorriso de algo que fosse bom ou engraçado, o seu olhar de assustado de algo que fosse estranho ou esquisito. Tenho sempre a sensação que falta alguém, claro, faltando o meu Teteu, nem as doces lembranças nestas datas comemorativas preenchem a falta que você faz, meu Filhote Amado.
Este Natal não teremos chocottone, outros que virão também não teremos, nem mesmo o panettone de frutas não tem o sabor que tinha antes do Teteu partir, não há alegria ou satisfação em tê-lo nesta data em casa, aliás não há satisfação em tudo que façamos sem a presença do meu Teteu. Sei que Eu, meu Esposo e minha Filhota Kekel precisamos continuar, a nossa missão não acabou, o livro da vida não se fechou para nós, a nossa história ainda continua sendo escrita, e por mais que doa e sangre a ferida, precisamos continuar, por mais que não achamos razão para nossas vidas, precisamos encontrar uma, ter um alvo, um objetivo, um desejo que seja constante para nós aqui na terra, pois a Graça nós já a temos, de vivermos espiritualmente junto ao nosso Filhote Amado Teteu, e será Eternamente ... Por toda a Eternidade...

RECEBI ESTE E-MAIL  DE CONFRATERNIZAÇÃO CONTENDO ESTA MENSAGEM DE UM AMIGO, PARA NOS CONFORTAR, ACHEI INTERESSANTE, POIS A VIDA É BEM ASSIM MESMO, AINDA QUE SEJA REPRESENTADA COMO UM TREM OU COMBOIO ONDE CARREGA MUITAS PESSOAS COM SUAS HISTÓRIAS, COMPARTILHO COM VOCÊS:
O trem da vida/Comboio da vida - Autor Desconhecido
Há algum tempo atrás, li um livro que comparava a vida a uma viagem de trem. Uma leitura muito interessante, quando bem interpretada. Isso mesmo, a vida não passa de uma viagem de trem, cheia de embarques, alguns acidentes, surpresas agradáveis em alguns embarques e grandes tristezas em outros.


Quando nascemos entramos nesse trem e nos deparamos com algumas pessoas que julgamos que estarão sempre conosco: nossos pais. Infelizmente, isso não é verdade, em alguma estação eles descerão e nos deixarão órfãos no cominho, amizade e companhia insubstituível... Mas isso não impede que durante a viagem, pessoas interessantes e que virão a ser mais que especiais para nós embarquem. Chegam nossos filhos, irmãos, amigos e amores maravilhosos.

Muitas pessoas tomam esse trem apenas a passeio. Outros encontrarão nessa viagem somente tristeza. Ainda outros circularão pelo trem, prontos a ajudar a quem precisa. Muitos descem e deixam saudades eternas, outros tantos passam por este trem de forma que, quando desocupam seu acento, ninguém sequer percebe.

Curioso é perceber que alguns passageiros que nos são tão queridos, acomodam-se em vagões diferentes dos nossos, portanto somos obrigados a fazer esse trajeto separados deles, o que não impede, é claro, que durante o percurso, atravessemos, mesmo que com dificuldades, o nosso vagão e cheguemos até eles... só que, infelizmente, jamais poderemos sentar ao seu lado para sempre.

Não importa, a viagem é assim, cheia de atropelos, sonhos, fantasias, esperanças, despedidas... porém, jamais retornos. Façamos essa viagem, então da melhor maneira possível, tentando nos relacionar bem com todos os passageiros, procurando, em cada um deles, o que tiverem de melhor, lembrando sempre que em algum momento do trajeto, eles poderão fraquejar e provavelmente precisaremos entender, pois nós também fraquejamos muitas vezes e, com certeza, haverá alguém que nos entenderá.

Eu me pergunto se quando eu descer desse trem sentirei saudades... acredito que sim. Separar-me de algumas amizades que fiz será, no mínimo, dolorido. Deixar meus filhos continuarem a viagem sozinhos será muito riste, mas me agarro à esperança de que em algum momento, estarei na estação principal e terei a grande emoção de vê-los chegar com uma bagagem que não tinham quando embarcaram... e o que vai me deixar mais feliz será pensar que eu colaborei para que ela
tenha crescido e se tornado valiosa.

O grande mistério, afinal, é que jamais saberemos em qual parada desceremos, muito menos nossos companheiros, ou até aquele que está sentado ao nosso lado. Façamos com que a nossa estada nesse trem seja tranquila, que tenha valido a pena e que, quando chegar a hora de desembarcarmos, o nosso lugar vazio traga saudades e boas recordações para aqueles que prosseguirem a viagem da vida.

Todas estas paradas que o trem da vida faz, irá continuar a fazer e até aquelas paradas inesperada deixando um dos nossos entes queridos e amados em uma determinada estação, onde sentiremos a dor da separação, carregando a saudade e a tristeza em nosso coração. O final da nossa viagem nos levará a Presença de Deus. 
E Ali apresentaremos a Ele a nossa bagagem...      Boa viagem e siga em frente ...

Então é Natal em breve será Ano Novo, que seja Feliz quem souber o que é o Bem...

Música Original
So This is Cristimas
Cantor:  John Lennon
Versão: Então é Natal 
Cantora: Simone




          COMPARTILHO COM VOCÊ A MINHA ORAÇÃO DE NATAL
Grandioso Deus e Eterno Pai Celestial, em Nome do Teu Filho Amado o Senhor Jesus Cristo que enviastes ao mundo para demostrar o verdadeiro Amor aos homens da Terra, nesta noite Santa, depositamos diante de Tua Majestosa Presença todas as nossas lágrimas pelo nossos entes queridos que partiram de nossa vida e com eles todos os nossos sonhos e esperanças contidos em nossos corações.
Senhor Amado pedimos por aqueles que choram sem ter quem lhes enxugue as lágrima, por aqueles que gemem sem ter quem escute o seu clamor, suplicamos por aqueles que Te buscam sem saber ao certo onde Te encontrar, e por aqueles que gritam paz, quando nada mais podem gritar.
Abençoa Senhor Jesus, cada pessoa do planeta Terra, colocando em seu coração um pouco da Luz da Tua Palavra Eterna que vieste acender no trajeto escuro de nossa fé.
Ah! Senhor Jesus, que o Seu Olhar de Amor Misericordioso penetre em nossa vida, como a brisa morna da primavera, e acorde a esperança adormecida sob as folhas secas das ilusões, dos medos, da indiferença, do desespero e das perdas que tivemos ...
Senhor que o Seu Perfume Suave, exale com ternura envolvendo todo o nosso ser, confortando-nos e despertando a alegria que jaz esquecida por trás das lamúrias e distrações do caminho e das lágrimas pela perda dos nossos Eternos e Amados Filhos...
Senhor que o Bálsamo do Seu Amor acalme as nossas dores, silencie as nossas queixas, socorra a nossa falta de fé e cure as nossas feridas abertas.
Senhor que o Calor da Sua Presença de Bondade se derrame sobre o nosso espírito e derreta o gelo milenar do egoísmo que nos infelicita e faz infelizes nossos semelhantes...
Senhor que o Seu Coração Generoso permita-nos crescer em nossa intimidade, e que possamos  tirar todo e qualquer preconceito que faça morada em nós...
Senhor Amado que o Sua Paz seja presente em todos os povos da Terra, do Oriente e do Ocidente, e as guerras nunca mais sejam possíveis entre a raça humana, pois perante aos Teus Olhos Puros somos todos iguais e merecedores da Tua Graça...
Ah! Senhor de minha vida,  que as Suas Mãos Santa e Poderosa sustentem as nossa vida, e nos arranquem dos precipícios dos vícios, da ira, dos ódios que tanto nos infelicitam... que possamos alcançar a liberdade concedida em Ti e sejamos livres de tudo que nos aprisionam.
Senhor Querido que a Água Cristalina que emana dos Seus Olhos de Misericórdia percorra nossa alma no mais íntimo do nosso ser, e remova o lodo do ciúme, da inveja, do desejo de vingança, e de tantos outros vermes que nos corroem e nos matam lentamente... extirpando a mágoa que se aloja em nosso íntimo e nos turva as vistas, impedindo-nos de ver as virtudes e qualidades dos nossos semelhantes...
 para que os abracemos sem receio, sem defesas, sem prevenções... 
Senhor que a Pureza do Teus Olhos se faça presente em nossos olhos para que possamos ver tudo com pureza e inocência, deixando as impurezas que nos contaminam impedindo de
 amar os nossos inimigos a fazer desabrochar em nosso ser toda luz que te Ti irradia impedindo de sermos luz por inteiro...

Senhor que o Sopro do Teu Espírito nos impulsione na direção da Sua Presença onde todo o firmamento do Céu consiste, onde não mais se ouvem gemidos de dor, e onde a felicidade plena  é realidade. Ajude-nos a desenvolver o gosto de buscar o Teu Reino e o conhecimento da Tua Vontade mediante a Tua Palavra, para que possamos encontrar a verdade que nos liberta da ignorância pertinaz e dos anseios deste mundo...
E, por fim, Amado Senhor Jesus, que  cada ser humano possa sentir a Sua Presença Santa, e  o Calor do Teu Abraço Amigo, convidando a todos a uma vida mais feliz em todos os cantos da terra para que sejamos um em Ti... Deste agora e para sempre eu Te Agradeço... 
Em Nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo ...  Amém....

REFLEXÃO DO NATAL - Lembrar do verdadeiro sentido do Natal, qual seja a renovação da fé, da esperança e do amor… Amor no sentido mais puro e simples da palavra...  Amor universal...  Amor pelo próximo....
Por que falo tanto de amor? Por que friso tanto o amor? Podes questionar. Porque o amor é tudo. Afinal, como já disse o Senhor Jesus Cristo: "amai-vos uns aos outros como eu vos amei". João 15:12.

Então, pense nisso. Aproveite para encher tua vida de amor. Rancor? Raiva? Vingança? Etc. Ainda guardas tais sentimentos dentro de ti? Liberta-te deles e apenas ame. Ame muito. Ame até quem te fez sofrer, quem te fez chorar, quem te magoou, etc... Quem sabe não é a oportunidade de que esse alguém precisa para se redimir de seus erros. Abre o peito e deixa o amor fluir… Verás como o maior beneficiado será tu mesmo. 
Que o amor nasça nos corações dos homens de boa vontade, e se a dor nascer, resista-a pra sorrir...



AOS SEGUIDORES E LEITORES DO BLOG MÃES E FILHOS ELO ETERNO E EM ESPECIAL AOS PAIS ENLUTADOS QUE O SENHOR DEUS E PAI CELESTIAL NOS ABENÇOE COM SUA GRAÇA INFINITA EM NOSSA VIDA, PARA QUE POSSAMOS ALCANÇAR A BOA, PERFEITA E AGRADÁVEL VONTADE DO NOSSO DEUS E PAI CELESTIAL...  Romanos 12:02
ABRAÇOS FRATERNOS DE MÁRCIA SANTOS E FAMÍLIA


quarta-feira, 7 de dezembro de 2011

FILHOS ESPECIAIS NOS FAZEM MÃES ESPECIAIS

SAUDADE, O ELO ETERNO DO AMOR...   QUE VAZIO ENORME QUE DÁ ...
Quando  nossos filhos se vão, nos deixam um abismo, um buraco, um espaço árido inerte, como se saísse de nosso corpo um órgão vital, naquele momento se acaba tudo, escurece, perdemos o sentido e saímos de nossa realidade...
O FILHO QUE PARTIU SE TORNA INSUBSTITUÍVEL porque ninguém ocupa aquele lugar, mesmo que apareçam filhos semelhantes, igual aquele, ah..!!! não tem, cada filho tem sua importância em nossa vida. 
O nosso AMOR e APEGO é tão grande que nem todo o ouro do mundo pode sanar aquela ausência. Então nos resta a Eterna Saudade, reparadora, que nos leva a todo momento aos braços daquele filho que partiu ... percebemos o quanto amamos, o quanto o nosso AMOR é grande, profundo, sem dimensão, sem limites dentro do nosso coração de mãe.
QUANDO TRAZEMOS EM NOSSO CORAÇÃO aqueles bons momentos que passamos juntos, aquelas gargalhadas, aquelas situações que passamos ao lado, aqueles segredos que juramos guardar a sete chaves, que nos lembramos quando a saudade bate, nos levando até o colo do filho que partiu, jurando que nunca iria nos deixar, mas que, cumprindo sua missão teve que ir na frente para preparar nosso lugar também, porque a partida é tão somente a porta de nossa vitória...
O AMOR CONSEGUE TRANSPOR TUDO até o além vida, alcançando a alma. Quando AMAMOS de verdade seja onde for que esteja aquele filho que partiu, alcançamos com nosso coração porque se tornam parte de nós, se tornam fragmentos de nossa alma e assim não se separa, o corpo se vai quando cumpre sua missão mas a alma permanece intacta e eterna.
Assim, conseguimos seguir os rastros de luz deixadas por aqueles que construíram do nosso lado o AMOR e o RESPEITO. Temos saudades dos nossos filhos que marcaram nossas vidas e essa saudade e o amor é o nosso ELO ETERNO com quem realmente fez e faz diferença em nossas conquistas e em nossas vidas...

 FILHOS ESPECIAIS QUE NOS FAZEM MÃES ESPECIAIS
Como mãe sempre fui e sou protetora, sempre defendi os meus filhotes como uma leoa, não importava a situação quando via meus filhotes em perigos ou numa situação complicada lá estava eu pronta para defende-los, é claro que por outro lado meus filhotes me defendia como mãe. Acredito que é uma atitude mútua pelo Amor Emanado nos Corações de Mães e Filhos, não é uma troca de favores e sim um ato de Amor em defesa para com quem ama.
Para  mim  as mães verdadeiramente mães não machucam seus filhos, não maltratam, não expõem em situações constrangedoras e nem situações de violência, o seu Amor fala mais alto, a sua proteção é acionada ao perceber umas destas situações presentes na vida dos seus filhos. Sei que existem mães que não tem a maternidade na sua alma, mais aquelas que tem são genuínas mães, e estas mães se tornam tão especiais com a partida dos seus filhos, por ter tido o privilégio de viver ao lado de um filho tão Especial para Deus.  
Certa vez uma amiga chamada Silvana falou para mim que; "existem seres humanos  que são muito eficientes nesta vida, fazem tudo tão rápido, se desenvolvem e evoluem aceleradamente que ficam prontos antes dos outros seres humanos e voltam para o Lar cedo demais", após um ano da partida prematura do meu fihote Teteu, vejo que ela tem razão, o quanto é verdadeira a sua visão, não se trata de idade, se trata de evolução, a capacidade que o ser humano tem de aprender em tão pouco tempo de sua existência, tudo que o outro ser humano aprende durante uma longa existência de vida, e muitas vezes nem chegou ao último nível,  a Espiritualidade Genuína de Deus Pai. 

COMO MÃES CONSEGUIMOS LIDAR COM A PARTIDA DOS NOSSOS FILHOS PARA O RETORNO DO LAR ETERNO COMO ALGO NATURAL?
Eu li esta mensagem, fiquei pensando que a teoria das palavras é tão simples, tão natural, porém a prática destas mesmas palavras se tornam tão dolorosas no dia a dia em nosso coração de mãe ferida e machucada pela dor da partida prematura do seu filho amado, pela ausência constante e presente em nossa vida, pela saudade que nos sufoca e pelo luto interno em nosso coração de mãe. Eu ainda não consigo lidar com a partida do meu filhote da minha vida sendo algo natural, pois só em falar as lágrimas descem dos meus olhos e as lembranças tomam conta de mim de tudo que vivemos juntos do nosso Elo Eterno. 
Esta é a mensagem, acrescentei algumas palavras, mas  o seu teor continua o mesmo; "A partida não é nada", Será que realmente não é nada?, Se não é nada, porque que dói? ...
A partida não é nada.  Eu apenas passei para outro lado. Estou deste lado e te espero.
Eu sou eu, teu filho. Tu és tu, a minha mãe. O que fomos um para o outro ainda somos, nada mudou entre nos e jamais mudará. 
Dá-me o nome que sempre me deste, chama-me pelo meu apelido. Fala-me como sempre me falaste. 
Não mudes o tom a um triste ou solene. Continua rindo com aquilo que fazia rir juntos. 
Ore, sorri, pensa em mim, ore comigo. 
Que o meu nome se pronuncie em casa como sempre se pronunciou. Sem nenhuma ênfase, sem rosto de sombra. 
A vida continua deste lado significando o que significou, continuo sendo o que eu era. O cordão da união não se quebrou ele permanece.
Por que eu estaria fora de teus pensamentos, apenas porque estou fora de tua vista? Não estou longe. Somente estou do outro lado do caminho. Já verás, tudo está bem...
Redescobrirás meu coração.  E nele redescobrirás a ternura mais pura. 
Seca tua lágrima e, se me amas, não chores mais mamãe...
Meu Filhote Amado como é difícil viver e praticar estas palavras deste outro lado por mais que eu te ame, tudo é tão diferente do teu lado, tudo é mais simples singelo tão natural com a Presença de Deus em tua volta.
Somos Mães Especiais porque os nossos Filhos por Serem Especiais para Deus foram antes de nós e agora, eles nos esperam do outro lado, para aquele abraço que tanto queremos e desejamos sentir, como um dia ficamos grávidas e esperamos por eles, para tê-los em nossos braços maternos ... E ali o Senhor Deus e Pai Celestial Criador do Céu, da Terra e do Mar e tudo que neles há enxugará de nossos olhos todas as lágrimas, não haverá mais partida, nem pranto, nem choro, nem dor, pois já as primeiras coisas são passadas Apocalipse 21.04

SEREMOS SEMPRE MÃES DOS NOSSOS AMADOS  E ETERNOS FILHOS. Por mais que estejamos feridas, machucadas, tristes, saudosas e muitas vezes sem vontade de continuar a viver, quanto pensamos em nossos Filhos amados que partiram de nossas vidas e lembramos como eles eram cheios de vida, de alegria, e o quanto nos fizeram felizes, e nos deram orgulho, dentro do nosso coração sentimos e os nossos lábios confessam "Meu Filho é Especial". Como diz a minha querida Amiga Cristina mãe do André que partiu perto de completar 19 anos de idade, foi contaminado com uma bactéria estupida chamada de Miningoccemia, hoje eles estão: "AOS CUIDADOS DO SENHOR ESTÃO AGORA MATEUS E ANDRE. ALI DEBAIXO DAS ASAS DO SENHOR... NÃO HAO DE SOFRER NENHUM MAL, NENHUMA FATALIDADE, NENHUM ACIDENTE, NENHUMA BACTÉRIA, NENHUM PSICOPATA, NENHUMA BALA PERDIDA, NENHUMA DEPENDÊNCIA DE DROGA NEM MAIS SOFRIMENTO ALGUM..." . 
Eu acredito que os nossos Filhotes estão bem guardados de toda jactância maligna deste mundo, nossos Filhos são Especiais para Deus e nos fizeram Mães Especiais. 

Márcia Santos mãe de Mateus, Felipe e Natália, Iraci mãe de João, Flávia mãe de Elza Cristina, Annalu mãe de Rafael, Shirley mãe de Bruno, Dayse Laurino mãe de Rafael, Ivonete Ferrari mãe de Gabriel, Carmem mãe de Juninho, Marciene mãe de Fellipe, Ana mãe de Ivo e Ítalo, Maga mãe de Jhonatan,  Mada mãe de Maykon, Ana Lúcia mãe de Allan, Suady mãe de Rosemere, Silvinha mãe de Daniel, Iracy mãe de Kassia Karine, Marlise Barros mãe de Leandro, Eny mãe de Gislaine, Irene mãe de André, Simone mãe de Rick, Patricia mãe de Carol, Marilda mãe de Vitória, Silvana mãe de Eduardo, Eva mãe de Joel, Edna mãe de Aline, Nete mãe de Bial, Sueli Agradano mãe de Ivan Lantsay, Cristina mãe de André, Maria Assunta mãe de Eduardo, Keiko Ota mãe de Ives Ota, Eliana mãe de Reginaldo, Nair mãe de Edmilson, Maristela mãe de Helinho, Bianca mãe de Mariana, Mônica mãe de Letícia Sônia, Stefani mãe de Vitor, Abby mãe de Tiago, Patrícia mãe de Regina, Camila mãe de Pedro, Ana Maria mãe de João Vitor e Lucas, Sebastiana mãe de Samuel, Clara mãe de Thiago, Adália mãe de Gustavo, Irene mãe de Cláudia, Antônia mãe de Michele, Bernadete mãe de Jussara, Tereza mãe de Guilherme, Lurdes mãe de Matheus e tantas outras Mães e Filhos Amados, somos Mães unidas pela Dor e o Amor pelo nossos Filhos. 
Como vamos prosseguir? Será que podemos? Sabemos que precismos de Deus, nossa força vem d'Ele para que juntas possamos ajudarmos uma a outra, se uma cair a outra ajuda a levantar, nenhuma guerreira passa por lutas sem dor, mais é sobrevivente desta dor. Não importa o quanto demore, nós esperaremos o reencontro, e ele virá! 

                  COMPARTILHO A MINHA ORAÇÃO COM AS MÃES ESPECIAIS 
Senhor Deus e Eterno Pai Celestial, eis-me aqui, em Tua Santa Presença para agradecer-Te pelo Dom de ser Mãe, é uma Graça Bendita e imensa, que não posso entende-la totalmente os seus feitos através do Amor Materno em meu Coração.
Obrigado Senhor Deus pela Graça de conceber um Filho maravilhoso, que hoje em Teus Braços está, ainda que eu não consiga aceita e suportar a separação tão prematura entre mim e meu Filhote, mais acredito que ele é muito especial para Ti, pois levastes para os Teus cuidados.
Derrama do Teu Poder Divino sobre a minha família, para que possamos suportar a dor, para construirmos o nosso dia-a-dia e juntos estejamos para todo o sempre.
Agradeço-Te, Pai Amado, pelas alegrias que meus Filhos semeiam em meu viver, e pela coragem que tens me dado para enfrentar os momentos difíceis: das incompreensões, da dor, da saudade, da ausência da presença do meu Filhote em minha vida e do luto interno que agora se faz presente em meu coração de mãe, com Tua Força em meu viver. 
Abençoa Senhor o Pai dos meus Filhos, para que juntos possamos criar a Kekel que o Senhor deixou em nosso regaço. 
E inspira-me ser Mãe segundo o Teu Coração, hoje e sempre, em Nome do Pai, Filho e Espírito Santo, Amém ...


Dedico esta postagem as Mães de Filhos Especiais, que o Senhor Deus nós Abençoe concedendo a Sua Força para continuarmos a nossa jornada ....


ABRAÇOS FRATERNOS DE MÁRCIA SANTOS EM ESPECIAL AOS PAIS ENLUTADOS, AOS SEGUIDORES E LEITORES DO BLOG MÃES E FILHOS ELO ETERNO.



quarta-feira, 23 de novembro de 2011

DIA 23 DE NOVEMBRO, O MARCO DA MINHA VIDA

DIA 23 DE NOVEMBRO DE 1993 - Antes era um dia com grandes alegrias e expectativas na minha vida, ganhando novas experiências em cada primavera que se iniciava. Nesta data aconteceu meu primeiro aniversário com meu Filhote em meus braços com 27 dias de vida, ele nasceu no dia 26 de Outubro de 1993, eu estava no período logo após o parto chamado de Puerpério, também conhecido como pós-parto ou resguardo, que tem a duração em torno de 6 a 8 semanas, terminando com o retorno das menstruações.

Estávamos no meio de pessoas carinhosas e amorosas e todas elas feliz com a chegada do Teteu, não deixaram de comemorar os aniversariantes do mês de Novembro, em ordem, o meu esposo, a Carine; uma linda menina que se apegou conosco na época, o Ademir um jovem obreiro da igreja local onde pastoreávamos e eu. 
O parto foi cesariana, já havia retirado os pontos, mas estava sobre o período do repouso físico. Para não ter que me locomover demais, apenas o necessário resolveram que seria em minha casa com um churrasco, nossa a casa ficou repleta de pessoas, apesar do resguardo eu não importava estava tão feliz que não me incomodava com nada.
Todos vieram trazendo os comes e bebes, a  minha querida amiga Elza, a mãe de Carine, devido a nossa afeição, criei o hábito de chama-la de Elzinha; para minha surpresa e de todos, ela chegou trazendo quatros bolos e falando:  um para cada um, pois hoje é um dia muito mais que especial e importante para nossas vidas". Claro que na hora dos "parabéns pra você" não ficamos em ordem, puxa como foi bom, lindo e especial. Elzinha estava certa era um dia mais que especial em nossas vidas, um dia inesquecível para mim.
Fotos tiradas em Tupã interior de São Paulo no dia 23 de Novembro de 1993.
Estava como uma mãe coruja, com o Teteu em meus braços, poucas foram as vezes que ele foi para os braços de outra pessoa, o meu prazer, a minha alegria e a minha emoção era tão grande e radiante dentro de mim, que saia pelos meus lábios através de sorrisos o tempo todo.
Durante o tempo em que tivemos em Tupã, todos os aniversários eram comemorados, e no ano seguinte estávamos comemorando o primeiro aninho de vida do Teteu para alegria de todos. 
Elzinha ficou sabendo do ocorrido, e nos ligou do Japão, onde mora atualmente, percebi pela sua voz que ela estava totalmente chocada e triste. Aliás todos ficaram chocados e tristes, todos que presenciaram este momento único em nossa vida em Tupã. 
Viemos para capital, algumas vezes viajávamos para levar o Teteu para cidade em que nasceu e rever as pessoas com quem ele viveu na época de sua infância, sempre fomos muito bem recebidos por estas pessoas maravilhosas e carinhosas que marcaram a nossa vida numa época de pura alegria e realizações para todos. 
O tempo foi passando o Teteu foi crescendo, as transferências acontecendo com frequência, mais os nossos contatos eram feitos por telefones, cartas ou e-mails. Isso tudo não dá para apagar ou simplesmente esquecer os dias felizes em que vivemos, as doces lembranças dos momentos que vivemos com pessoas que se tornaram parte da nossa vida, a quem eu amo e estimo muito.
Os anos nos levam para longe, muito longe mas as lembranças nos traz para perto deste com que vivemos e que fazem parte da nossa história no mundo que estamos e vivemos. Após 17 anos me encontrei em uma situação completamente diferente desta que vivi em 1993, sem alegrias, somente dor e tristeza.


DIAS DOLOROSOS - Os dias mais dolorosos que marcou a minha vida deste então 20, 21, 22, 23, 24 de Novembro de 2010, eles realmente são cruéis para mim. A partida da minha mãe e minha tia pessoas que eu amei e continuo amando não foi tão cruel o ciclo de vida estava se cumpriu, mas a partida do meu Filhote tão inesperada e fora do ciclo de vida que se quebrou na minha vida é como um massacre maternal.
Dia 20 de Novembro, a partida prematura e inesperada do meu Filhote o inicio da busca pelo seu corpo, encontraram o par de chinelos e o remo.
Dia 21 de Novembro continuação da busca pelo seu corpo encontram o boné.
Dia 22 de Novembro continuaram o regaste com a presença da Kekel que era a única criança na chácara.
Dia 23 de Novembro dia do meu aniversário o resgate do corpo do meu Filhote,.
Dia 24 de Novembro velório e sepultamento do corpo do meu Filhote, todos os nossos familiares, amigos e colegas estavam conosco nos acompanhando todos os dias.
Dia 25 de Novembro a revelação da Kekel na chácara no dia 22 de Novembro.
Nem mesmo a partida da minha mãe marcou tanto minha vida. Pois se tratava do comprimento natural do ciclo da vida: "os filhos sepultam seus pais", houve aceitação e a dor foi suportável em meu coração de Filha. Mas a partida prematura do meu Filhote em plena adolescência dos seus 17 anos e 24 dias de vida quebrou o ciclo natural da vida, onde os pais sepultam seus Filhos não houve aceitação e a dor é insuportável em meu coração de mãe.

DIA 23 DE NOVEMBRO DE 2010 - Este dia não vejo como antes, não estou gostando, nunca terá fim, só acabará com a minha partida, fechando o ciclo natural da minha existência física na vida da minha Filhota Kekel. 
Neste dia 23 de Novembro de 2010, chegamos pela manhã, todos estavam na chácara, meu cunhado Gilberto com um gesto muito nobre se aproximou de mim dizendo: "Márcia, eu não sei nem o que dizer neste dia pra você", olhamos nos olhos e eu respondi: "não precisa, eu te entendo", estendeu a sua mão com um presente para mim, era uma caixa de bombom, acompanhada com uma mensagem linda que guardo até hoje e guardarei sempre, ele me deu um abraço de conforto e juntos choramos por alguns minutos. Ficamos ali... 
Os bombeiros deram início ao resgate do corpo, passado algumas horas... Então, aconteceu o resgate do corpo do meu Filhote, os bombeiros falavam que; "era um milagre de Deus, devido a profundidade de doze metros e meio do lago e a perfeita conservação do corpo em baixo da água, como ele se asfixiou mecanicamente o corpo jamais subiria para boiar"A dor era muito grande, havia ansiedade para encontrá-lo de qualquer maneira, todos estavam por conta das emoções, o cansaço físico era grande, pois em grande parte do tempo ficamos de pé e muito choro ...  
Os bombeiros tiraram primeiro o Kaiak e pediu que os familiares preparassem a mim e meu esposo para recebermos o corpo; eles orientaram que ficassem juntos, nos segurando, pois alguns pais neste momento cometem loucuras, tamanho é a dor e o desespero  de ver o corpos dos seus Filhotes, e constatarem que não existe mais vida neles. 
Não foi preciso falar conosco, eu e meu esposo se aproximamos do lago e ficamos aguardando. O meu coração de mãe sabia que era chegado o momento, minha irmã Maristela junto com as minhas sobrinhas estavam perto de mim, eu me distanciei, elas vieram atrás de mim, fui indo mais próximo da margem do lago abri meus braços e disse: "vem Filhote, vem para mamãe, vem para os meus braços novamente, eu estou aqui, eu sempre estive aqui te esperando", minha irmã ficou arrepiada perguntando para si; como que ela sabe? Eu não falei nada ainda! Não era preciso, uma força me levava em direção ao corpo. Os bombeiros trouxe lentamente para não danificar qualquer parte do corpo do meu Filhote. Então eu pude vê-lo de bruços dentro da água cada vez mais próximo, o desejo era de correr para abraçá-lo forte e beijá-lo. Para conservação do corpo era necessário deixá-lo dentro da água, retirado somente com a chegada da perícia. 
Eu e meu esposo nos olhamos e pude ver a sua dor através das lágrimas que desceram dos seus olhos  por ver o nosso Filhote sem o fôlego de vida existente nele. Eu abracei dizendo: "ainda Te amo Senhor, eu Te louvarei, eu Te servirei" e juntos choramos a nossa dor pela partida do nosso Teteu, passou algum tempo sentei-me ao lado do corpo, mais os policiais não me deixaram tocá-lo.
Chegou a perícia, meu esposo solicitou que tivessem cuidado com ele, e eles tiveram, retiraram da água e viraram de barriga para cima onde pude ver o seu rosto como da última vez, tiraram fotos de todos os ângulos, levantaram a sua camiseta, apertaram seus pulmões e nada de água, só ar, falaram alguma coisa entre eles e colocaram no sacórbito levando-o para IML. Tivemos que ir a delegacia fazer o boletim de ocorrência, ao IML( instituto médico legal) de Taboão da Serra.

No dia 24 de Novembro voltamos ao IML, demos as roupas ao ajudante do legista, ficamos aguardando por uma hora e trinta minutos, até que permitiram a nossa entrada para vê-lo, ficamos com ele por uns 15 ou 20 minutos, o corpo fora d'águá se descompõe muito rápido, o caixão foi lacrado e por fim o velório e sepultamento. 
Eu e minha sobrinha Mayara fizemos um mural com várias fotos dele deste pequeno até o último momento de vida, minha outra sobrinha Daniele junto com minha irmã Meire compraram fitas pretas, cortaram e amarraram nos seus braços esquerdo, lado do coração, expressando o nosso luto em nosso coração. 
No velório quando elas chegaram, todos que estavam presentes receberam as fitas pretas e colocavam no braço esquerdo espontaneamente, elas apenas entregavam, elas em sinal de repeito  e carinho pelo luto em minha família recebiam, eram solenes, foram mais ou menos umas trezentas fitas pretas e faltou fitas, o sepultamento aconteceu no mesmo dia às 17:30hs no cemitério Vale da Paz.

REVELAÇÃO DA RAQUEL - Dia 25 de Novembro de 2010 estava me sentindo vazia, mutilada como se tivessem amputado parte da minha vida, veio sobre mim, sem que eu tivesse controle algum, uma crise de choro tão desesperadora devido a dor da partida prematura do meu Filhote, ainda não consegui retratar esta dor por mais que eu queira, só sei que doí a alma, os ossos, o coração, o corpo, ela toma conta dos nossos sentimentos, é tão intensa, profunda e sem dimensão, nenhum ser humano que nunca passou pelo que eu e minha família estamos vivendo atualmente é capaz de distinguir, podem até imaginar, mas a sua imaginação não chega nem perto do que é esta dor da partida, da separação dos  pais e seus filhos amados.
Acredito que minha Filhota em seus 10 anos de idade, ficou tão assustada por me ver daquele jeito, que veio até a mim me abraçando e beijando e fez uma pergunta: "mamãe você acredita em anjos?" Respondi: "sim, eu acredito". Ela revelou: "mamãe havia muitos anjos no lago que voavam em círculo onde o Teteu estava, no céu tinha vários anjos e um deles veio até a mim, sem tocar no chão, balançava sua asa devagarinho, ele falou que tinha uma mensagem do Teteu para nós, que ele estava bem e não queria que eu, você e o papai chorasse, que não era para ninguém chorar, que nós tínhamos que continuar sem ele e que tudo estava bem, o anjo ficou o tempo todo comigo. Você não viu ele comigo mamãe? Respondi: "não, a mamãe não percebeu a presença deles no lago". Ela continuou a revelação: "ele falava muitas coisas boas, e repetia sempre que não precisava chorar que o Mateus estava bem, que nós não iríamos vê-lo, mas que ele estaria sempre ao nosso lado".  
Olhei para Kekel, e abracei ela bem mas forte do que antes, as lágrimas começaram a cessar enquanto eu comecei a lembrar que no dia 22 de Novembro, ela expressou seu desejo de ir conosco procurar o Teteu e não conseguimos dizer não a ela e em um determinado momento ela veio até a mim falando: "mamãe o Teteu está naquele lugar, eles precisam ir pra lá", foi então que associei tudo, o que os bombeiros falaram; que foi um milagre de Deus, os anjos que circulavam o lago; eles por ordem divina encontraram o corpo do meu Filhote, permitindo através dos bombeiros o resgate do corpo de dentro do lago no dia 23 de Novembro exatamente no lugar indicado pela minha Kekel. Confirmando então a partida do meu Teteu.

Agora fico-me perguntando: Será que este foi o presente do Senhor Deus para mim naquele dia 23 de Novembro? Como eu viveria o resto da minha vida, se não achassem o corpo do meu Filhote? Deus me polpou  de chorar por um corpo que nunca seria encontrado por homem algum? Deus me devolveu o corpo do meu Filhote para dizer a mim, que da forma como Teteu veio em minha vida, ele se foi? Devo eu passar o resto da minha vida alegre por sabe que meu Filhote vive eternamente ao lado de Deus? Agradecer a Deus pelo tempo concedido para que vivessemos juntos e pela Sua Palavra "o que é de Deus, volta para Deus" Eclesiastes 12:07 cumpriu-se em minha vida e na vida do meu Filhote?
Só sei que em pleno dia 23 de Novembro de 2010, o corpo do meu Filhote foi devolvido para mim, o mesmo corpo que saiu do meu ventre no dia 26 de Outubro de 1993, viveu por 17 anos e 24 dias da sua vida ao meu lado, saiu de minha vida no dia 20 de Novembro de 2010 para nunca mais voltar.
Realmente não sei, eu ainda não agradeci por me devolver o corpo, mais já agradeci várias vezes pela vida do meu Filhote. O Senhor Deus e Pai fez me sentir dois sentimentos alegria e tristeza
Alegria - Ao dar meu Filhote em meus braços para segurá-lo, onde meus lábios expressavam esta alegria por 17 anos, dizendo: "Glória a Deus" .
Tristeza - Por tirá-lo dos meus braços, onde as lágrimas descem dos meus olhos e expressam esta tristeza e meus lábios dizem o tempo todo: "Ah, meu Senhor".
Novamente eu me vejo nesta data, 23 de Novembro de 2011, os anos poderão passar para mim, eles me levarão para longe de tudo que vivi ao lado do meu Filhote, a minha vida irá continuar por mais que doa em meu coração de mãe, mas o dia 23 de Novembro de 2010 será sempre o mesmo em todos os anos de minha vida, nele agora só há dor, tristeza e luto interno por meu Filhote Amado.


               NESTE DIA 23 DE NOVEMBRO DE 2011
 EU FAÇO A MINHA ORAÇÃO AO SENHOR DEUS E PAI CELESTIAL
Grandioso Deus e Eterno Pai Celestial, o Senhor sabes da minha dor, conheces o meu coração e tens me assistido nas minhas crises de choro desesperador pela saudade e ausência do meu Filhote Teteu. 
Senhor Amado, ajuda-me neste momento onde deveria existir alegria, só há dor e lágrimas, não sou forte assim, não sei se vou conseguir, não sou digna de ser chamada de guerreira como as pessoas tem me chamado, pois me sinto derrotada pela dor, pela ferida aberta que sangra o tempo todo em meu coração.
Sei que o meu Teteu está em Teus Braços Paterno e bem guardado no lugar mais seguro que há perto de Ti, onde não há dor, choro, saudade e tristeza, sei que o Teteu não tem mais estes sentimentos, por pertencer ao Teu Jardim de Glória envolvido com a Tua Santa Presença, mas eu Senhor... ainda permaneço aqui neste nundo, onde estes sentimentos são cruéis em meus dias. 
Pai Querido, me ajuda a aceitar que foi o melhor do Senhor para mim e o meu Teteu, que a separação prematura é o seu melhor na minha vida para que eu possa suportar a dor, cuida de mim, da minha Kekel e do meu Neguinho, nos fortaleça em Tua Presença e Graça, preserve a nossa santidade em Ti como a nossa fé e confiança.
Pai Amado, ainda doe; como doe, me falta o ar e as forças, me sustentes com Tua Destra, carrega-me em Teus Braços, passe suas Mãos Santas e Poderosas sobre a minha face e permita-me ouvir a Tua Voz acalmar meu coração de mãe ferido, quero sentir a brisa do Teu Fôlego aquecer meu coração e me devolvendo novamente a vida, ainda que ela não tenha mais razão de ser, ajuda-me Senhor por Amor a Kekel, ela precisa de mim, da mãe que sempre fui para ela, que eu dê a ela todo o amor que ela mereça agora e muito mais.
Ajuda-me Senhor, entrego este dia ao Senhor como entreguei todos os outros dias da minha vida que eu vivi, ajuda-me neste dia 23 de Novembro, o marco da minha vida, pois já provei dos sentimentos de alegria com meu Filhote em meus braços, de tristeza sem ele para abraça-lo, abranda o meu coração de mãe enlutada hoje e sempre, em Nome do Pai, Filho e Espírito Santo, Amém...

DEDICO ESTA POSTAGEM AOS ANIVERSARIANTES ENLUTADOS 
DO MÊS DE NOVEMBRO


APESAR DO DIA SER DOLOROSO PARA MIM, AGRADEÇO O CARINHO ATRAVÉS DAS MENSAGENS ENVIADAS COM PALAVRAS DE CONFORTO E CARINHO POR E-MAILS, ORKUT E FACEBOOK E OS TELEFONEMAS. 

AGRADEÇO A TODOS POR  ESTE GESTO DE SOLIDARIEDADE ... 
QUE O SENHOR DEUS ABÊNÇÕE  A TODOS HOJE E SEMPRE.

ABRAÇOS FRATERNOS DE MÁRCIA SANTOS E FAMÍLIA AO PAIS ENLUTADOS, SEGUIDORES E LEITORES DO BLOG MÃES E FILHOS ELO ETERNO

MÃES E FILHOS ELO ETERNO

Loading...

CONTATOS FEITOS POR:

Telefones: (011) 5928-7080 ou (011) 98939-3955
Email: marushasantos@uol.com.br