O ELO MATERNO

O Elo Materno é a Ligação mais profunda e amorosa entre todos os elos existentes. Por isso a dor e a saudade da ausência do(a) Filho(a) que partiu doe e machuca o coração de uma mãe. Este Elo foi quebrado e como emenda-lo?
Quando nossos Filhos se vão, como continuar viver a vida? Quanto tempo precisamos para nos fortalecer? Dor e saudade será que poderemos supera-las? Existem outras pessoas que dependem de nós? O que mudou em nós? São perguntas que precisam de respostas, e só o tempo nos dará...

PESQUISAR NESTE BLOG

sexta-feira, 23 de junho de 2017

DOR CONSTRÓI OU DESTRÓI

20 DE JUNHO DE 2017 - Senhor Deus quando tempo já se passou, deste aquele dia triste de verão 20 de novembro de 2010 em que se deu o marco da minha vida. Quando volto nesta data percebo o quando já caminhei ainda que em passos lentos e pequenos, mesmo estando dolorida e saudosa pelo meu Filhote, se passaram exatamente setenta e nove meses sem o meu lindo Teteu, quase não consigo acreditar que tantos fatos já aconteceram para impulsionar a minha caminhada e muitos outros irão acontecer, por que? Eu escolhi Amar o meu Filhote Incondicionalmente e neste amor eu me fiz de novo, não foi fácil escolher, mas eu tinha que fazer o meu Amor ser maior que a minha Dor. Se não, qual o sentido de ser a mãe do Mateus Vieira dos Santos. 
Entendo que correr para que? Se mesmo andando eu chegarei, de uma forma ou de outra em sigo em frente.  O cantor Osvaldo Montenegro,  canta uma música que se chama: Tocando em Frente. Eu consigo me ver nesta letra. Você consegue se ver? Entende a letra da musica? Leia e preste atenção principalmente neste trecho. (Ando devagar porque já tive pressa/E levo esse sorriso, porque já chorei demais/Cada um de nos compõe a sua história, cada ser em si/Carrega o dom de ser capaz, e ser feliz).
Ando devagar porque já tive pressa
E levo esse sorriso, porque já chorei demais
Hoje me sinto mais forte, mais feliz quem sabe
Só levo a certeza de que muito pouco eu sei, ou
Nada sei, conhecer as manhas e as manhãs
O sabor das massas e das maçãs

É preciso amor pra poder pulsar, é preciso paz
Pra poder sorrir, é preciso a chuva para florir

Penso que cumprir a vida, seja simplesmente
Compreender a marcha, ir tocando em frente
Como um velho boiadeiro, levando a boiada
Eu vou tocando os dias pela longa estrada, eu vou
Estrada eu sou, conhecer as manhas e as manhãs
O sabor das massas e das maças

É preciso amor pra puder pulsar, é preciso paz
Pra poder sorrir, é preciso a chuva para florir

Todo mundo ama um dia, todo mundo chora
Um dia a gente chega, no outro vai embora
Cada um de nos compõe a sua história, cada ser em si
Carrega o dom de ser capaz, e ser feliz
conhecer as manhas e as manhãs
O sabor das massas e das maças
É preciso amor pra poder pulsar, é preciso paz
Pra poder sorrir, é preciso a chuva para florir

Ando devagar porque já tive pressa
E levo esse sorriso, porque já chorei demais
Cada um de nos compõe a sua história, cada ser em si
Carrega o dom de ser capaz, e ser feliz.

MÃES E FILHOS ELO ETERNO

Loading...

CONTATOS FEITOS POR:

Telefones: (011) 5928-7080 ou (011) 98939-3955
Email: marushasantos@uol.com.br