O ELO MATERNO

O Elo Materno é a Ligação mais profunda e amorosa entre todos os elos existentes. Por isso a dor e a saudade da ausência do(a) Filho(a) que partiu doe e machuca o coração de uma mãe. Este Elo foi quebrado e como emenda-lo?
Quando nossos Filhos se vão, como continuar viver a vida? Quanto tempo precisamos para nos fortalecer? Dor e saudade será que poderemos supera-las? Existem outras pessoas que dependem de nós? O que mudou em nós? São perguntas que precisam de respostas, e só o tempo nos dará...

PESQUISAR NESTE BLOG

sexta-feira, 20 de junho de 2014

DE CORAÇÃO PARA CORAÇÃO

20 DE JUNHO DE 2014 – Mais um mês se completa sem a tua presença em minha vida, meu Filhote Amado, são exatamente quarenta e três meses. É o ano da copa e estamos no mês da abertura da copa, pela qual o Brasil jogou duas vezes, é tão estranho, em meio ao clima caótico de protestos e tanta insatisfação de alguns brasileiros os estádios estão lotados, é incrível como os brasileiros são tão divididos em suas opiniões e atitudes, vai entender (...) Porém, tudo que está acontecendo aqui não era para ser vivido por você, Deus te levou antes de tudo, mesmo assim, eu insisto a imaginar como seria se estivesse conosco (...)
Sua paixão pelo futebol, o teu interesse desde de pequeno pela seleção brasileira e pelo Santos desenvolveu o seu conhecimento numa época tão distante do teu nascimento e após, que nos levou a colecionar os ninis jogadores da copa de 1998, os videos e CDs, revistas e tudo que fosse informação para agregar ao teu conhecimento. 
Eu tenho a certeza que daríamos um jeito para que fosse assistir um jogo do Brasil em qualquer estádio que escolhesse, mesmo que ele perdesse. Estávamos esperando que crescesse um pouco mais devido a violência das torcidas  nos estádios em relação aos times. Sendo  você um santista convicto não queríamos lhe expor a isto. 
Bem, eu não sei se seremos hexacampeão, mesmo assim eu fiz esta montagem com você, por desejar que estivesse conosco para ver o teu sorriso largo em teus lábios, os teus comentários, as tuas broncas em relação aos jogadores em campo, os teus palpites, enfim, tudo que se vive numa relação de família em determinados momentos. Afinal, a vida é uma serie de momentos a serem vividos, os seres é quem determinam como viver estes momentos.
Teteu, te amamos tanto. Agora, muito mais ainda, sentimos este Amor tão forte dentro do nosso coração e em nossa vida. Sentimos a tua falta o tempo todo, além desta imensa saudade. Lembrar de você nos faz muito bem.
CORAÇÃO HUMANO - Tem uma massa entre 250 e 350 gramas e tem aproximadamente o tamanho de um punho. Está localizado na parte anterior à coluna vertebral e posterior ao esterno,  envolvido por uma membrana chamada de Pericádio. A camada exterior do coração é chamada de, epicárdio. A camada do meio é chamada de miocárdio e é composta de músculo cardíaco que se contrai involuntariamente. A camada interna é chamado de endocárdio e está em contato com o sangue que afeta o sistema se ereção do o coração bombeia. Além disso, ela se funde com o revestimento interno (endotélio) dos vasos sanguíneos que absorve e cobre as válvulas cardíacas.
O coração humano tem quatro cavidades, dois átrios e dois ventrículos. Os átrios são as cavidades de recepção e os ventrículos são as de descarga. O caminho do sangue através do coração humano é constituído de um circuito pulmonare um circuito sistêmico. O sangue não oxigenado flui através do coração em uma direção, que entra através da veia cava superior no Átrio direito e é bombeado através da valva tricúspide no ventrículo direito antes de ser bombeado através da válvula pulmonar para as artérias pulmonares para o pulmões. Ele retorna dos pulmões através das veias pulmonares para o Átrio esquerdo onde é bombeado através da válvula mitral no ventrículo esquerdo antes de sair através da Artéria Aórta .
A pergunta é: Como este órgão muscular oco que bombeia o sangue de forma que circule no corpo e produz um hormônio denominado de Peptídeo natriurético atrial pode sentir tantos sentimentos nobres que são bons e outros ruins que não possuem nobreza alguma? Como pode sofrer tanto por amar alguém? Há sentimentos que comprimem o nosso coração, que nos levar pensar que iremos parar de respirar a qualquer momento. Como pode bater descompassadamente ao nossos sentimentos? 
Então, todos os nossos sentimentos preenchem este órgão muscular oco. Mas ele não define o que somos, apenas define o que sentimos e da forma que sentimentos em determinadas situações que vivemos a qual a vida nos impulsiona.
DE CORAÇÃO PARA CORAÇÃO -  Somente um coração de uma Mãe ou Pai enlutado pelo seu(ua) Filho(a) consegue compreender plenamente o que sente outro coração em uma mesma situação, e assim é, em todas as situações da vida. Por mais sensibilidade que há em nós não conseguiremos compreender plenamente qualquer tipo de situação se o nosso coração não viveu. E muitas destas situações nos moldam para melhor ou pior, seremos fortes ou fracos, amorosos ou odiosos, perdoaremos ou condenaremos e uma série de situações que somente a nossa conduta poderá nos definir verdadeiramente o que somos. 
Pais enlutados mudam, não porque querem mudar, somos impulsionado pela dor da partida prematura dos nossos Filhotes, pela saudade constante que aperta o nosso coração, pela ausência física que os nossos olhos tendem a procurar em todos lugares e não encontram. O nariz que procura o cheiro que sempre sentiu e aos poucos se tornam vestígios de uma existência.
O ouvido que  anseiam ouvir a voz tão acostumada, o mesmo som de antes e que agora não existi mais. O corpo carente pelo calor, pela força e a vibração do abraço, do aperto de mão, do beijo e tantas outras coisas que fazíamos e sentíamos e que já não podemos mais (...) é um sofrimento corpóreo porque carregou dentro de si esta vida que lhe pertenceu por mais ou menos nove meses e mais os anos de aproximação até o momento da separação.
O coração é o que mais sofre pelos sentimentos que sentem e outros que afloram numa intensidade e profundidade desconhecida, a sensação que seremos asfixiados pelos nossos sentimentos a qualquer momento, a dor é imensa e não tem limites, ela avança de forma arrasadora, se tornando visível o sofrimento de uma Mãe e de um Pai e dos irmãos do ente querido.
Saudade é ausência corpórea do ente querido e, a Falta é o compartilhamento dos momentos com ente querido, são coisas tão distintas uma da outra, mas que nos afetam diariamente.
Assim como a tristeza profunda que nos toma por completo, como as crises de choro desesperador no primeiro momento do luto. 
Os questionamentos que não há respostas. A dúvida se falhamos em algum momento e quando foi este momento, se realmente existiu? 
A culpa que nos invade por acharmos que eramos capazes de proteger nossos Filhotes em tempo integral em qualquer situação, e ao percebemos a nossa incapacidade de não proteger-los, sabemos que a capacidade nunca existiu  (...) 
Querer entender por que razão nossos Filhotes foram tirados de forma brutal, repentina em um dia comum de nossas vidas? Se há um culpado declarado odiamos, e se não há, queremos culpar alguém. E sem falar na justiça que queremos seja Divina ou Humana, mas queremos que seja feita de conformidade aos nossos anseios.
Meu Deus! Tantas outras coisas entre a vida e partida dos nossos Filhotes. Sou um ser humano como outro qualquer, eu reconheço isso, porém, posso falar de destas situações e de muitas outras porque o meu coração é conhecedor. Conheço todos os sentimentos que afloram e que passam a nos acompanhar. Eu sei que muitos deles precisamos resistir para não sucumbir como ser humano capacitado para amar.
Compreendo plenamente outro coração ferido, machucado, dilacerado pela partida de um Filho que nos leva a desacreditar da existência e do Amor de Deus, que nos leva a perder a fé, a confiança e a esperança.  
Sei da sensação de estar só, de ser julgada e condenada por causas das atitudes feitas, dos pensamentos expostos, das palavras ditas e das escolhas feitas. Sei o que é ser excluída pelos familiares para morrer a minguá. 
Sei o que é ser tolerada e não amada por aqueles que diziam estar conosco em qualquer situação "tipo conte comigo sempre". Sei que precisamos de um tempo, um tempo que é só nosso e que não pode ser imposto por outros seres. Isto é fato. Também sei que não superamos nada porque não há superação na dor provocada pela partida prematura de um(a) Filho(a).
Então, o que temos nisto tudo? Neste caos que imundou o nosso coração e encheu a nossa vida com tantas situações que nunca se quer imaginávamos viver.
É a Força do Amor de Deus sobre nós, sobre nossas vidas. Esta é a pura verdade que nos mantem vivos. É nesta força que somos impulsionados a viver ainda que feridos, machucados, dilacerados e saudosos.
A reabilitação é vive uma nova vida que seja adaptada dentro da vida que vivíamos antes. E nesta adaptação as mudanças acontecem sutilmente, se faz necessário, pois o ente querido não esta entre nós criando uma nova vivência de vida.
Este é o maior desafio - A maior dificuldade encontrada para os Pais Enlutados, pois nada será como antes, nada mesmo. Eu sei o que é viver cada momento desejando a presença do Filho Amado. E sei como isto é uma tortura superada quando passamos por estes momentos.
De uma forma ou de outra Deus sempre estar conosco ainda que não sentimos o seu mover por causa da dor intensa existente em nós: "Não temas, porque eu sou contigo; não te assombres eu sou teu Deus; eu te fortaleço, e te ajudo, e te sustendo com destra da minha justiça" - Isaías 41:10 - Ele permanece ao nosso lado, por ser fiel ao seu Amor, assim como permanecemos fiel ao Amor que sentimos aos nossos Filhotes: "Se somos infiéis, Ele permanece fiel, pois não pode negar-se a si mesmo" - 2ª Timóteo 213.
É Ele, somente Ele que nos concede a força e a graça que precisamos para suportamos a dor, a ausência, a tristeza e tudo mais que nos envolve no luto, e depois de algum tempo percebemos que sobrevivemos: "O Senhor é a minha força e o meu cântico; e se fez a minha salvação" - Salmos 118:14. 
E por termos sobrevividos aos piores momentos de nossas vidas, somos modificados e começamos a sentir novamente o seu mover, a sua Presença sobre nós.
Não somos fortes! Forte é o Deus que habita em nós, Ele é que nos faz fortes para prosseguirmos e para vencermos os obstáculos que encontramos neste caminho de luto interno, Ele nos faz fortes para sabermos esperar o momento certo para cada coisa, Ele nos faz fortes para irmos além do que possamos imaginar. Digo, a nossa força vem do Senhor que fez o céu e a terra e tudo que neles há (eu, você e os nossos Filhotes) e tudo mais que seja bom. 
Hoje eu entendo perfeitamente e nitidamente a mitologia grega da ave fênix - Pássaro que quando morria, entrava em auto-combustão e, passado algum tempo, renascia das próprias cinzas. Outra característica da fênix é sua força que a faz transportar em voo cargas muito pesadas, havendo lendas nas quais chega a carregar elefantes. Podendo se transformar em uma ave de fogo.
Renascemos da dor, sim é isso mesmo. Renascemos da dor mais intensa e profunda que alguém pode suportar, e ainda temos forças para carregamos um fardo muito pesado que são os nossos sentimentos do luto interno pelos nossos Filhotes. Por isto mesmo, digo que somos especiais demais para deixarmos que outros seres venham nos subestimar. 
Não precisamos provar nada para ninguém, apenas precisamos viver as fases do luto interno a qual pertence a cada mãe ou pai enlutado.
Não olho para dor que no dia 20 de Novembro de 2010 entrou na minha vida, na minha família (...) Com o tempo aprendi a olhar para o Amor que de mim veio para este mundo no dia 26 de Outubro de 1993 tão sublime, tão puro e tão forte que não foi possível permanecer, voltando para a sua origem ao lado do Pai Celestial. A dor nunca será maior que o meu Amor que sinto pelo meu Filhote, ela não é mais valente que o valente que a resisti.
REFLEXÃO MÁRCIA SANTOS - Hoje eu resolvi falar de coração para coração de alguma forma levar um pouco de Amor, Conforto, Confiança, Esperança e Fé que são sentimentos de nobreza, e ainda que nos sentimos fragilizados e pequenos, eles são tão enormes dentro de nós.
Nossos Filhotes acreditam em nós, na capacidade destes sentimentos que temos dentro de nós para chegarmos ao tempo determinado por Deus até eles: "Visto que os seus dias estão determinados, contigo está o número dos seus meses; e tu lhe pusestes limites, e não passará além deles" - Jó 14:05. Eles viveram conosco pelo tempo determinado por Deus e assim será conosco também. Eles são os nossos verdadeiros milagres em nossas vidas. 
O fato de sermos escolhidos para atuar como Mães e Pais de seres tão sublimes e maravilhosos que marcaram e mudaram as nossas vidas para sempre. É de alguma forma um privilégio concedido por Deus para sermos diferentes e talvez sermos um exemplo evolutivo para os outros seres humanos em um tempo doloroso.
Que é possível Amar na distância e mesmo que o tempo passe de uma vida de felicidade plena para uma vida de felicidade relativa a existência deste Amor por um ente querido (FILHOS) que amamos ultrapassa o limite que as dividiram (...)
MINHA ORAÇÃO - Grandioso Deus e Eterno Pai Celestial, Senhor de tudo que eu tenho tanto no céu como na terra, és o vinculo de todas as coisas. Em Nome do teu Filho Amado o Senhor Jesus Cristo conceda-me a tua Força e Graça.
Me ensinado a esperar pelo teu tempo, segure a minha mão e aumente minhas forças todas as vezes que me sentir fraca na caminhada da vida.
Me conduza pelo caminho guiando os meus passos, proteja a minha vida e a vida da minha família. Senhor guarda o meu coração e os meus sentimentos da corrupção do mundo.
Que a tua bondade e misericórdia me siga todos os dias da minha vida e assim habitarei  na tua casa em tua Presença  Eternamente Senhor - Amém.
Este é o Meu Amor que de mim veio para este mundo no dia 26 de Outubro de 1993 tão sublime, tão puro e tão forte que não foi possível permanecer, voltando para a sua origem ao lado do Pai Celestial. A dor nunca será maior que o meu Amor que sinto pelo meu Filhote, ela não é mais valente que o valente que a resisti.
                 Obs:  Click no rodapé do blog para pausar musica Angel - Cantora Sarah Mclachlan
"O Senhor te abençoe e te guarde; faça resplandecer o seu rosto sobre ti e te conceda graça; o Senhor volte para ti o seu rosto e te dê paz hoje e sempre"- Números  6:24 ao 26
ABRAÇOS FRATERNOS AOS SEGUIDORES E LEITORES EM ESPECIAL AOS PAIS ENLUTADOS DE MÁRCIA SANTOS E FAMÍLIA.

MÃES E FILHOS ELO ETERNO

Loading...

CONTATOS FEITOS POR:

Telefones: (011) 5928-7080 ou (011) 98939-3955
Email: marushasantos@uol.com.br