O ELO MATERNO

O Elo Materno é a Ligação mais profunda e amorosa entre todos os elos existentes. Por isso a dor e a saudade da ausência do(a) Filho(a) que partiu doe e machuca o coração de uma mãe. Este Elo foi quebrado e como emenda-lo?
Quando nossos Filhos se vão, como continuar viver a vida? Quanto tempo precisamos para nos fortalecer? Dor e saudade será que poderemos supera-las? Existem outras pessoas que dependem de nós? O que mudou em nós? São perguntas que precisam de respostas, e só o tempo nos dará...

PESQUISAR NESTE BLOG

quarta-feira, 20 de fevereiro de 2013

O LEGADO (herança)


20 DE FEVEREIRO DE 2013 - Mas um mês que se faz, mas um que se completa, mais um de ausência. Aos vinte e sete meses da partida do meu Filhote, eu começo analisar e refletir sobre a minha trajetória de luto. Deste, aquele dia triste e doloroso em minha vida, onde tudo começou e, apesar do tempo que se passa ainda me dói. O que eu aprendi? O que estou aprendendo? O que tenho para aprender? Quais foram as mudanças ocorridas na minha vida? na minha família?... Não somos mais os mesmos de antes e nunca mais seremos. Isto já é fato confirmado. Não é fácil dizer, pois eu tiver que viver para saber, talvez o pouco da minha experiência vivenciada no luto interno e eterno até o momento pelo Filhote, possa ajudar de uma forma ou de outra, Mães e Pais Enlutados entristecidos e doloridos pela partida dos seus Filhos Amados e Inesquecíveis. 
Acabei descobrindo que"A dor não me fez forte, ela não faz ninguém ser forte." Ela me enfraqueceu de várias maneiras e formas possíveis e imaginárias. Mas não conseguiu enfraquecer o meu Amor pelo meu Filhote. Ele se fez forte sobre ela, não ele é forte e se tornou mais ainda. "Foi o meu Amor pelo meu Filhote que me fez ser forte". O meu Amor prevaleceu na dor, sobre todos os meus sentimentos e sensações inéditas causadas pela partida prematura do meu Filhote na minha vida quando se deu início do luto e de todas as suas fases até este momento.
O que faz o verdadeiro Amor? Qual é o seu efeito? “No amor não existe medo; antes, o perfeito amor lança fora o medo. Ora, o medo produz tormento; logo, aquele que teme não é aperfeiçoado no amor” - 1ª João 4: 18, mesmo na ausência do meu Filhote o meu Amor por ele prevaleceu... e, não importa o tempo que leve, ele permanecerá sempre comigo.
LEGADO - É a disposição feita por um testamento em benefício de alguém, para determinada missão. É a tal famosa herança. O legado é o que uma pessoa deixa quando (parti)morre, podendo ser de formas variadas. Existem infinidades de benefícios que podem ser um legado, se um novo artista para pintar um novo modo, se um poeta para escrever uma nova forma de poesia, pode-se deixar uma herança religiosa ou financeira, entre outras coisas... Qual o legado que os pais costumam deixar para os seus Filhos depois que partem?  
Quando se vive um Ciclo natural, naturalmente esta promessa se cumpri na vida de um(a) Filho(a): "A casa e bens são herança dos pais..." - Provérbios 19:14. Mas o que os pais devem esperar dos seus Filhos: "...Além disso, os filhos não devem ajuntar riquezas para os pais, mas os pais para os seus filhos" - 2º Corintios 12:14b. Pode até parecer estranho, mas não é, quando se trata de um "Legado de Filhos para Pais". Eu fui a beneficiada do meu Filhote nesta vida, não sobre riquezas e bens materiais, algo muito mais valioso que estas coisas do mundo, e quando à isto, eu não tenho dúvidas.
A vida nos reserva muitas alegrias, e uma delas é o dom de poder gerar um(a) Filho(a), um presente de muita euforia, que nos ensina o que é de fato Amar entre outras coisas - Neles depositamos todo o nosso ser - Os Filhos preenchem o nosso existir, ensina-nos ter tolerância e a crescer. Suas dores em nós se fazem sentir.
De repente somos tragados pela dor que a desconhecemos e, que passa fazer parte do que somos, ficamos sem teto, sem chão e também sem rumo. É como uma espada transpassada em nosso coração. O mesmo(a) Filho(a) que geramos, o qual todo o nosso Amor foi depositado, temos que vê-lo(a) partir de nossa vida. 
Ver a partida de um(a) Filho(a) não há como descrever, e olhar que estou tentando descrever de várias maneiras e formas explícitas. Passamos à viver sempre com coração na mão,  um aperto que nos tira o ar, um vazio que não há como preencher. Aceitar e elaborar o luto de um(a) Filho(a) é a mais difícil reabilitação que temos pela frente, quando se inicia.
Sei que as pessoas divergem umas das outras na forma de pensar, compreender, entender ou interpretar uma determinada situação e, é claro, que as teorias, as teses, as regras, as filosofias e as ideologias não chegam nem perto de um acontecimento real sobre a vida de alguém. 
Digo isto pela experiência que estou vivendo, muitas pessoas fazem a diferença acontecer, umas acrescentam nos ajudado de uma forma ou de outra se fazendo presentes, outras só diminuem nos deixando mais arrasados como se estivessem tripudiando e outras ainda são tão vazias que não acrescentam e nem diminuem em nada. 
Nisto tudo, e por mais que seja dolorosa e ruim a realidade que estamos vivendo, podemos ver o quanto crescemos com este tipo de experiência e o que ela nos traz. Aprendemos a conhecer mais à Deus, mais de Sua Intimidade de Pai, mais de Sua Capacidade de agir em nossas vidas, mais de Sua Força em nos fortalecer, mais do seu Amor para conosco e mais ainda de Sua Misericórdia para com toda humanidade, pois ficamos completamente dependentes de tudo que d'Ele emana sobre nós.
Ouço tantas pessoas falarem; “Nossa, ela renasceu de novo...” ou “Que bom hem, renascendo das cinzas.” Será que estes são os termos adequados para Mães e Pais Enlutados? Ou, será que as pessoas expressam sem ter o conhecimento correto das suas palavras e comparações? Ao ouvir estas  palavras, logo imagino a ave fênix. 
FÊNIX - É um pássaro da mitologia grega que, quando morria, entrava em auto-combustão e, passado algum tempo, renascia das próprias cinzas. Outra característica da fênix é sua força que a faz transportar em voo cargas muito pesadas, havendo lendas nas quais chega a carregar elefantes. Podendo se transformar em uma ave de fogo. Teria penas brilhantes, douradas, e vermelho-arroxeadas, e seria do mesmo tamanho ou maior do que uma águia. Segundo alguns escritores gregos, a fênix vivia exatamente quinhentos anos. Outros acreditavam que seu ciclo de vida era de 97.200 anos. No final de cada ciclo de vida, a fênix queimava-se numa pira funerária. A vida longa da fênix e o seu dramático renascimento das próprias cinzas transformaram-na em símbolo da imortalidade e do renascimento espiritual. Por outro lado.
RENASCIMENTO/RENASCER - Existem variações quando ao significado desta palavra. Pode-se compreender do corpo físico este ensinamento como o ciclo de morte e renascimento da consciência de uma mesma pessoa. Momentos de distração, anseios e emoções destrutivas são momentos em que a consciência morre para despertar em seguida em momentos de atenção, compreensão e lucidez. Nesta visão os agregados impuros são levados a diante para o momento seguinte em que a consciência toma uma nova forma em virtude da redescoberta e revalorização. Também é caracterizado em similares às da reencarnação e a palavra reencarnação é inclusive usada com frequência para se referir aos renascimentos de vidas passadas. 
Pergunto eu; “Isto tem haver conosco, Mães e Pais Enlutados?” Por muitas vezes eu ouvir este tipo expressão e percebo que não tem nada a ver comigo. O meu Filhote é um ser que jamais voltará  a estar comigo neta vida. Eu não terei anos maiores proporcionados para viver com ele e, nada irá substitui-lo, nada poderá ocupar o seu lugar e seu valor em minha vida. Por mais que surjam outros valores, não irá; "Filhos são sempre Filhos em qualquer situação, Ausentes ou Presentes são para Sempre e agora são Eternos." Nada que acontecerá ou surgirá em minha vida anulará o seu valor e a diferença que o meu Filhote fazia em minha vida, isto ninguém mais terá ou fará.
Então, neste caso, renascer o que não pode ser renascido é perder tempo. Provoca um desgaste emocional, psicológico, espiritual e físico, nada poderá mudar os meus sentimentos pelo meu Filhote em minha vida, seja qual for a transição que eu estiver passando ou que terei que passar.  
A realidade vem a torna porque a vida não é só de vitórias, nem só de derrotas, não é só de alegrias e nem só de tristeza (...) Ao ver partir o que eu ganhei de bom grado para o complemento da minha vida, o que sou como Mãe entre outras coisas neste mundo. 
Quando eu ganhei e pensei que seria meu para sempre! Por pensar assim, eu precisei devolver sem querer o que foi me emprestado por um tempo indeterminado na minha vida. Devolvi para Deus o que eu nunca quis, jamais desejei, nem tão puco pensei, o que nunca, verdadeiramente foi meu neste mundo. 
Tudo é d'Ele e é para Ele, ainda que não entendemos completamente os seus propósitos no decorrer de nossas vidas: "Porque n'Ele foram criadas todas as coisas que há no céu e na terra, visíveis e invisíveis, sejam tronos, sejam denominações, sejam principados, sejam potestades. Tudo foi criado por Ele e para Ele" - Colossenses 1:16.
O fato de devolver meu Filhote, não é renunciar o propósito pelo qual ele veio em minha vida, eu jamais em tempo algum renunciarei o meu Amor e, tudo que eu vivi ao lado dele (meu Teteu). Embora eu tenha esta convicção de que ele é meu para sempre. 
Sei que mesmo antes deste "Vinculo ou Elo de Amor" entre mim e meu Filhote existir, Deus já se fazia presente por muito tempo: "Ele é antes de todas as coisas, e todas as coisas subsistem por Ele" - 1ª Colossenses 1:17inclusive o nosso - Vinculo com nossos Filhos - Mães e Filhos/Pais e Filhos tudo foi proporcionado por Deus no seu plano para conosco homens e mulheres. Eu precisei ser forte, para ter coragem para continuar (...) Deus me capacitou. A minha fé, a minha esperança se fortaleceram por causa do meu Amor: "Agora, pois permanecem a fé, a esperança  e o amor, estes três, mas o maior destes é o amor" - 1ª Corintios  13:13. 
A FÉ -  Ela me leva acreditar em Deus, na Sua Presença sobre mim e meu Filhote e, apesar dos meus deslizes como ser humana, eu sei que Ele está comigo o tempo todo.
A ESPERANÇAEla me traz a certeza que, cada dia que se vai em minha vida o tempo se reduz e me aproxima do meu Filhote.
O AMOREle não poderia contradizer a Palavra de Deus, os seus efeitos sobre mim ficam em evidências: "Tudo sofre, tudo crê, tudo espera, tudo suporta" - 1ª Corintios 13:7, é por causa deste Amor que eu chegarei até meu Filhote.  
Precisei de força para me REABILITAR à esta fase da minha vida, e contudo o meu Amor pelo meu Filhote foi o que deu sentido, quando parecia não haver. Ele se faz presente a cada segundo na minha vida.
Logo, não fui eu que deixei o Legado para o meu Filhote, deveria ter sido assim, mas não foi. O "Ciclo Vital" foi inverso comigo. Foi o meu Filhote, foi ele quem deixou LEGADO chamado AAMOR. E provavelmente é o maior e o mais belo de todos os legados que existem neste mundo para homem.

REFLEXÃO MÁRCIA SANTOS - Dizem que tudo nesta vida tem um porque? Também dizem que demoramos a entender, mas que acabamos entendendo no tempo certo. Acho que algumas pessoas entendem aquilo que querem e o que convém na hora que querem, e este, não é o meu caso. Isso não vale para mim e nunca valerá, pois eu sei que nunca entenderei; "O por que da partida prematura do meu Filhote em minha vida?", por mais que eu me sinta confortada pelas promessas do Senhor Deus e de tudo que d'Ele emana, eu nunca entenderei.

TRECHO DA MÚSICA (Eu sei) - Papas Lingua
                                                         Eu sei/Tudo pode acontecer
                                                         Eu sei/ Nosso amor não vai morrer 
É a mais pura verdade, neste mundo, nesta vida, tudo pode acontecer, muitas vezes o que queremos e desejamos que nos alegram, outras vezes o que não queremos e o que não desejamos nos surpreende - O indesejado nos provoca dor e tristeza, mas não nos incapacidade de continuar amando aqueles que já estiveram conosco - A partida dos nossos Filhos antes da nossa, foi o indesejado em nossas vidas, nunca em nenhum momento desejamos tal coisa, mas aconteceu...
O nosso amor não morreu quando nossos Filhos partiram, pelo contrário. Ele está mais forte do que nunca dentro de nós e, é este Amor que nos levará novamente para perto dos nossos Filhos, este nosso Amor é o nosso "Eterno Legado" por toda nossa vida.

MÚSICA COMPLETA (Gostava Tanto de Você) - Tim Maia
                                  Não sei por que você se foi/Quantas saudades eu senti
                                  E de tristezas vou viver/E aquele adeus não pude dar...
                                  Você marcou na minha vida/Viveu, morreu/Na minha história
                                  Chego a ter medo do futuro/E da solidão/Que em minha porta bate...

                                  E eu!/Gostava tanto de você/Gostava tanto de você...

                                  Eu corro, fujo desta sombra/Em sonho vejo este passado
                                  E na parede do meu quarto/Ainda está o seu retrato
                                  Não quero ver prá não lembrar/Pensei até em me mudar
                                  Lugar qualquer que não exista/O pensamento em você...

                                  E eu!/Gostava tanto de você/Gostava tanto de você...
Observei bem a letra desta música, cantada na voz do nosso querido Tim Maia e regravada nas vozes de muitos outros cantores nos dias atuais. Pode não parecer, mas ela retrada muito bem a vida de Mães e Pais Enlutados doloridos e entristecidos que ficaram e, aguardam o dia do Reencontro com seus Filhos Amados. O que sentiremos e como viveremos até que este dia chegue em nossas vidas só Deus saberá. 
Não sabemos "o por quê", eles partiram antes de nós, simplesmente deduzimos que eles eram melhores que nós, por isso Deus os escolheu.
Saudades, meu Deus! Quantas sentimos e iremos sentir. Tristeza, ela se faz presente a todo instante, mas conseguimos sobreviver. 
O Adeus, nunca temos aos nossos Filho e, tantas outras palavras que deveriam ser ditas, mas não foram. Eles marcaram a nossa vida; nasceram, cresceram, viveram e partiram na nossa história. 
Vencemos o medo de não continuar vivendo. A solidão, nos faz incompletos como Mães e Pais. Mesmo assim, ainda podemos sonhar com eles - podemos trazê-los de volta do passado que vivemos ao lados deles para o presente de nossas vidas - As fotos e retratos existem por todos os cômodos da nossa casa e será sempre assim.
Claro que já pensamos em mudar, mas sabemos que, em qualquer lugar que fomos, o nosso pensamento estarão sempre neles, em nossos FILHOS ETERNOS
É, eu só mudaria esta frase: 
                                   E eu!/Gosto tanto de você/Gosto tanto de você...
                                   Ah meu Filhote, eu gosto tanto de você...



MAS UM VIDEO FEITO PELA  MAGDA - MINHA FILHA DA FÉ E DO CORAÇÃO




Postagem dedicada aos Pais Enlutados os de ontem, os de hoje e aos de amanhã... 
E a Memória dos nossos Filhos Ausentes de ontem, de hoje e os de amanhã...

ABRAÇOS FRATERNOS DE MÁRCIA SANTOS AOS LEITORES,  SEGUIDORES E AOS PAIS ENLUTADOS DO BLOG MÃES E FILHOS ELO ETERNO

MÃES E FILHOS ELO ETERNO

Loading...

CONTATOS FEITOS POR:

Telefones: (011) 5928-7080 ou (011) 98939-3955
Email: marushasantos@uol.com.br