O ELO MATERNO

O Elo Materno é a Ligação mais profunda e amorosa entre todos os elos existentes. Por isso a dor e a saudade da ausência do(a) Filho(a) que partiu doe e machuca o coração de uma mãe. Este Elo foi quebrado e como emenda-lo?
Quando nossos Filhos se vão, como continuar viver a vida? Quanto tempo precisamos para nos fortalecer? Dor e saudade será que poderemos supera-las? Existem outras pessoas que dependem de nós? O que mudou em nós? São perguntas que precisam de respostas, e só o tempo nos dará...

TRADUÇÃO DE LÍNGUAS (Escolha e Leia o Blog em seu IDIOMA)

PESQUISAR NESTE BLOG

Carregando...

quarta-feira, 30 de março de 2011

TEMPO DE DOR E SAUDADE - MEU FILHO UMA PESSOA ESPECIAL - A DOR DA PERDA

TEMPO DE DOR E SAUDADE - Os dias maus chegaram em minha vida, deste a partida do meu Filhote. A Saudade e a  Dor é unica em cada Mãe, estes sentimentos estarão presente pelo tempo de nossas vidas. Por mais que mantemos a mente ocupada com afazeres habituais, trabalho, cursos etc, o nosso coração sempre sinalizara a falta da presença dos nossos Filhos. 
Neste momento a melhor coisa e deixar fluir espontaneamente as reações, se quiser chorar, chore, se quiser gritar, grite, se quiser rir, ria, se quiser orar, ore, todas ás vezes que sentir vontade de expressar a sua dor e a sua da saudade. 
Esta ferida em nossa vida querida mãezinha nunca irá cicatrizar, não irá sarar, apenas aprenderemos a viver com ela, dia após dia, semanas após semanas, meses após meses e anos após anos. 
A Saudade nos faz lembrar o quanto nossos Filhos ainda são importante para nós. Eles nunca serão esquecidos em tempo algum. 
O "ELO" de uma MÃE com seu FILHO(A) é "ETERNO" não importa a distância, ninguém poderá separar o coração de uma  mãe e do seu filho (a) eles se tornam um só.
A nossa dor é referente a partida prematura dos nossos Filhos, outras mães sentem outras dores. A Dor de ver um(a) Filho(a) nas drogas, no crime, na prostituição, na violência, na doença e em outras situações complicadas da vida.
Todas de uma forma ou de outra tem o coração entristecido, não sabem quando esta dor irá passar, suas preocupações chegam tirar muita das vezes o sono e a paz. 
Temos os nossos Filhos e esperávamos vê-los  "Felizes e Realizados", isto é o desejo de toda mãe, querer o melhor para os seus Filhos.
Quando eles partem antes de nós, eles conquistam a "PAZ ETERNA", que um dia nós alcançaremos, só não sabemos quando.
Fazem 130 dias que meu Filhote Amado Mateus, com carinho meu "Teteu" partiu, eu estou tentando me adaptar nesta nova fase da minha vida, eu preciso de tempo, assim com você.  A nossa família precisa deste tempo, um tempo que desconhecemos, mas que precisamos.
Para a nossa surpresa as pessoas mais chegadas dizem que "a vida continua", como se nós não soubéssemos disso, outras dizem que estamos com "auto astral baixo", como fosse possível manter-lo alto, se parte da nossa vida se foi, outras tentam se solidárias dizendo que "imagina a nossa dor", como se opção da dor fosse nossa, outras dizem "que não gostaria de estar em nosso lugar", como se a escolha fosse nossa, outras vão além dizendo que "eles estão com Deus";
Claro que sabemos, mas queríamos que eles estivessem conosco, em cada frase que ouvimos, nos machuca ainda mais, fere a nossa alma, os nossos sentimentos.
As pessoas parecem não entenderem que precisamos de tempo para nós habituar com partida de nossos Filhos,  e que este tempo nem nós sabemos o quanto ele irá durar e se irá nos ajudar nesse processo de de luto interno que estamos vivendo.
Na verdade só resta-nos apegar-nos com Deus; "Apega-te a Deus, e tem paz com Ele, assim de sobrevirá o bem" - Jó 22:21, para que pousamos obter o consolo, o conforto e paz em nossos corações de mães e pais enlutados, somente estando perto de Deus poderemos estar perto dos nossos FilhosEles estão ao lado de Deus Pai bem guardados e protegidos e cobertos do seu Amor Infinito.
Teteu e Kekel, meus Filhos Minha Vida 
Eu sempre acreditei que meus Filhos era a minha própria vida e, que ninguém poderia tira-los de mim, estava completamente enganada. Deus pode tira-los de nós a qualquer momento independente da causa mortis.
Quando Mateus partiu percebi que a minha vida permaneceu, e a dele se foi sem que eu pudesse impedir ou fazer algo para prolongar o seu tempo comigo. Agora, a minha maior  jornada é como continuar vivendo sem ele - Essa era a minha pergunta o tempo todo.
Olho pra Raquel, minha doce Kekel e, vejo que a minha vida continua por causa de sua vida que se tornou o meu ponto de apoio, ela precisa de mim como eu preciso dela. Eu acredito que juntas poderemos tentar reabilitarmos a partida do nosso querido Teteu, pelo menos iremos tentar, estaremos unidas, com a certeza que nossas vidas estão ligadas, mas cada uma tem a sua. 
Eu sei que não será fácil para ela, sei o valor do Teteu, a sua importância em sua vida, sendo o irmão, o amigo, o companheiro, cúmplice, o seu espelho e tudo mais que o irmão mais novo acredita que seu irmão mais velho pode ser e o que representa.
Como Mães achamos que os nossos Filhos é a nossa vida, não é bem assim eles fazem parte da nossa vida, não importa o números de Filhos que você tenha - Cada Filho tem sua vida própria - E Filhos não são substituídos, porém são Eternos.
realidade desta verdade só chega quando eles partem antes de nós, percebemos que a nossa vida continua, por mas que doa em nós, ela continua (...)


MEU FILHO UMA PESSOA ESPECIAL - O Mateus tinha seu estilo próprio, um adolescente de 17 anos e vinte quatro dias, com hábitos e costumes, adotado de muitas qualidades (...) Ele estava deixando o cabelo crescer, dizia que este era o seu tempo, deste pequeno tomou gosto por usar boné, quase sempre virado pra atrás, As camisetas e calças sempre um número acima do seu tamanho,  gostava de ter liberdade nos movimentos do corpo, em tempos de frio usava blusão de moletom ou jaquetão. Não tinha o corpo tatuado, não gostava de brincos ou piercing em nenhuma parte do corpo, seu chame para mim era a sua pinta de nascença do lado direito do pescoço feito a minha.

Era Santista convicto, sempre inteirado em futebol, política, tocava ou batia bateria jogava games, ele gostava de ser desafiado pelos games. Dizia que iria fazer faculdade de engenharia eletrônica para montar games, passava o tempo no msn teclando com seus primos e amigos. Fazia academia, aula de inglês, o pai dizia da importância de outra língua na área do trabalho, sempre foi bom aluno, em reuniões de pais e mestres, eu recebia os melhores elogios. 
Eu e ele era mais do que Mãe e Filho, éramos amigos, cúmplices, companheiros. Ele era manso, calmo sempre tranqüilo, esperto, inteligente e educado, seu olhar sempre profundo, com seus olhos verdes penetrante. 
Seus pratos favoritos era os de massas, macarrão, lasanha, panqueca, pastel, pizza etc, adorava sorvete um bolo de chocolate cheio de recheio e cobertura de chocolate, sorvete, chegado numa coca-cola e leite gelado com toddy, raras vezes tomou chá ou café com leite. 
Gostava de música eletrônica e rock, sempre usava o fone no ouvido para não incomoda as pessoas ao seu lado, mesmo quando estava curtindo em casa, quando estava fazendo seus trabalhos escolares, muito querido por todos.
Meu amigo Valter Paullini mandou uma mensagem na minha pagina do orkut eu resolvi posta-la: “Lindo o Vídeo Márcia, linda a musica, e Deus é maravilhoso nas nossas vidas, é Ele quem enxuga nossas lágrimas, e nos faz prosseguir, sei que nem imagino a sua dor, más conheço a mulher forte e guerreira que vc é, uma verdadeira mulher de Deus, Vc sabe que o Mateus está com o Senhor, e que os anjos não ficam muito tempo aqui na terra, eles vem, mudam nossas vidas e vão embora , más sabemos que um dia estaremos todos juntos em uma linda festa ! Te Adoro Amiga , não se esqueça de mim !!!” 
                               
Pela forma como ele expressou usando a palavra "Anjo", agora analisando o percurso da vida do meu Filho Mateus, vejo que ele era Especial, muito Especial não só para mim mas para todos, muito mais Especial para Deus que tratou de leva-lo de volta para seu Eterno Lar.
Quando fiz este vídeo para homenagear meu filho, não queria que as pessoas chorassem, mas que lembrasse dele como ele era, uma pessoa cheia de vida e muito alegre.
Tudo o que ele viveu, ao nosso lado, com familiares, amigos e colegas por mais que os anos passem ficará em nossos corações  e serão nossas eternas lembranças. 

A DOR DA PERDANão existem palavras, línguas, gestos ou  pensamentos que possam expressar este sentimento chamado "A Dor da Perda", para nós "A Dor da Partida de Um Filho Amado". Ela é tão profundamente dolorida e fere a alma com esmero desmedido, cortando lenta e dolorosamente com o lado cego da faca. A dor é fenomenal, incrivelmente dor, extraordinariamente dor, fatalmente dor. É dor, dor, dor, somente dor, nada mais que dor. E não cede, não acalma, não dá trégua. A alma se contorce, revolve, chora, berra e geme em lamentos surdos, que tomam o corpo, que fazem cambalear e entontecer o espírito. 

A dor da perda não tem som, não tem voz, e invade o âmago do ser silenciosa e cruelmente fazendo doer e adoecer o corpo. Massacra a alma a tal ponto de tudo ao redor perder o sentido. Tudo. Tudo perder o sentido e o brilho da vida.
Os olhos olham mas nada vêem, os ouvidos ouvem sem nada ouvir, os braços caem sem sentir qualquer amparo, qualquer sussurro de compreensão, de entendimento. Somente o gosto do sangue da dor é percebido no fundo do coração que sangra, falece e se afunda no fundo da terra, do pó. E tudo vira dor profunda e cortante como o fio de uma navalha. Os sentidos perdem a razão de ser. Robotizamos o corpo e caminhamos, perdidos e anestesiados de lá pra cá, de cá pra lá, desnorteados, confundidos, atordoados e completamente perdidos de nós mesmos. Esquecidos de tudo e de todos, menos da dor que rasga, dói e arranha o coração até o sangue jorrar em lágrimas profusas e gritos inaudíveis. 
A dor da perda cala fundo e faz sepultura da alma onde desejamos ardentemente nos enterrar, em silêncio absoluto, em escuridão infinda, em adormecer eterno. Faz desejar a morte e buscar o fim de tudo, inclusive de si mesmo, para calar... a dor...
Não existem palavras que definam a intensidade da dor da perda. Ela é tão incrivelmente dor que perdemos a definição e a expressão do que sentimos. Nada mais importa. Nada. A dor da perda é pesada demais. Impossível de se carregar solitariamente.  Por isso, por tudo isso, havemos de buscar forças para suportar a dor da perda, por mais profunda, pungente e dolorida que seja, por mais aterradora e insensível...
Havemos de nos resguardar da dor, de acordar e lutar para viver, mesmo a alma em soluços, mesmo que o espírito, anestesiado pela dor, perca a vontade de lutar e continuar a viver... havemos de nos resguardar da dor no alento dos braços do Amor de Deus , que é o único que torna possível tudo, por ele, com ele, suportar...
Como suportar este momento da partida dos nossos filhos, eles não estão mas conosco, deixaram de existir entre nós. Como  tirar o afeto (amor) que tínhamos depositado neles, não é algo fácil nem voluntário para uma mãe, porque envolve processos que estão fora da consciência e do coração, embora uma parte do nosso eu reconheça que os nossos filhos  partiram , outra parte ainda mantém a presença deles. Como uma mãe poderá tirar o seu filho da sua vida, do seu viver, do seu coração, dos seus pensamentos, das suas lembranças, Como? Isto nunca acontecerá, aprenderemos a viver sem eles, e com o passar do tempo ainda continuaremos a ama-los.
Como é difícil desfazer das coisas que pertenceram aos nossos filhos, das roupas, dos calçados, dos objetos pessoais, enfim de tudo que foram do uso deles ao longo dos anos de existência em nosso meio. Como desfazer? É como  estarem partindo pela segunda vez de nossas vidas. A dor não cede, não acalma, não dá trégua ...
HOMENAGEM DA ANDRESSA AO MEU FILHO AOS AMIGOS ETERNOS - O valor das coisas, ou melhor da Amizade, não está no tempo em que elas duram, mas na intensidade com que acontecem e são vividas. Por isso existem momentos inesquecíveis, coisas inexplicáveis e pessoas incomparáveis". 
                     O verdadeiro amigo não é aquele que diz: "Vai em frente"
                         O verdadeiro amigo é aquele que diz: "Vou contigo".
Andressa & Mateus Amigos Eternos
Ela fez este vídeo  no dia 23 de Abril de 2010,  expressando a sua dor e saudade pelo nosso Teteu, hoje eu compartilho com vocês "em memória dos bons amigos que foram e ficaram". Um dia com certeza estaremos todos juntos.

Estas são palavras escritas pela Andressa amiga do meu filho Amado Mateus.
"Os 2 anos que compartilhei com você,foram os melhores e ficaram guardados pra sempre em minha memória.Você foi e sempre será muito especial para mim!
Sua falta me encomoda muito,não aproveitei os momentos suficientes,não lhe disse tudo o que sentia mas te amo muito menino...
Meu luto será eterno meu amigo,mas sei que um dia vamos nos encontrar Mateus,até logo !
Mateus Eterno." 

Dedico esta postagem à você minha linda menina Andressa, agradeço o seu carinho e sua amizade para com o meu Filho Amado. 
Todos sentimos muita saudades dos momentos que vivemos ao lado nosso Amado Teteu.

Deus nos dá pessoas  para  que pousamos aprender amar, cuidar e  juntos com elas ter alegrias, no decorrer da nossa caminhada com elas, então de repente  ...
Depois, retoma as pessoas para ver se já sabemos caminhar, se somos capazes de caminhar sem elas ... 
Essa é a alegria que Ele quer





Nem sempre
O instante é de riso,
Nem toda manhã é de sol.
Neblinas cobrem os olhos
Quando a saudade
Veste inteira a alma.
O riso se esconde
No vão da solidão
Das horas...
Tudo é tão efêmero
Frágil feito pólen...
Mas quando o instante é triste
Há uma certeza
Ele também irá embora...
Logo, a alma Se vestirá de Rosas 


A TODOS OS PAIS ENLUTADOS ABRAÇOS FRATERNOS DE MÁRCIA SANTOS E FAMÍLIA.


9 comentários:

  1. Oiiee Tiia, Nossa o Blog ficou muito lindo -
    Teu Espero de onde você estiver esteja olhando por nos, que você e o Papai do céu, cuide de toda nossa familia, Primo eu te amo tanto, um amor inesplicavel, lembra de quando eramos crianças? a gente brincando com aqueles bonequinhos de jogadores ou com aqueles que se molha-cem grudava na parede? Tempos bons que não voltam, Não acretido que você partiu, e msm quando vejo fala de você ou lembro de ti, inexplicavelmente é como se ti estivesse vivo, se eu fechar meus olhos posso imagina tua face, se eu me consetrar ouço tua voz, e se eu estiver bem quetinha sentir tua presença. Eu sei o Quando a tia estar sentindo tua falta, se eu estou imagine ela que é tua Mãe. Mas posso falar com todo orgulho que você estar num lugar melhor que o que nos estamos, e que tenho certeza que o Pai te levou para gloria eterna. Pri Mo te amo e todos nos sentimos tua falta a tua presencia ensubistituivel. Papai do céu Olhe por toda minha familia, amigos, inimigos todos que estão a minha volta e que tem uma historia na minha vida por menor que seja. Amém

    ResponderExcluir
  2. EU TENHO UMA SOBRINHA QUE PERDEU UM FILHO COM 7 ANOS EM UMA QUEDA DE BICICLETA.
    MUITAS VEZES QUERO FALAR, ACARICIAR, CONSOLAR E NÃO SEI COMO.
    VEJO COMO É GRANDE SUA DOR.
    ME AJUDE COMO FAZE-LA SE SENTIR ALGUNS SEGUNDOS
    CONFORTADA.

    ResponderExcluir
  3. AO CHEGAR MEUS NETOS DESCOBRIR O SENTIDO DA VIDA

    ResponderExcluir
  4. Sei muito bem essa dor perdi um com 12 anos...desculpe a emoção é muito forte só Deus pra ajudar !bjs

    ResponderExcluir
  5. PERDI MEU FILHO TAMBÉM .HOJE MORRO DE SAUDADE DELE;
    ELE TINHA 21 ANOS. SÓ DEUS SOMENTE DEUS,PARA NOS DAR FORÇA;BEIJOOOO

    ResponderExcluir
  6. TUDO IA TÃO BEM DEREPENTE TUDO ACONTECEU COMO UMA BOMBA SOBRE MINHA CABEÇA E DENTRO DO MEU LAR;MEIA NOITE E TRINTA;LEVANTEI PARA IR AO BANHEIRO QUANDO ABRIR A PORTA LÁ ESTAVA O CORPO DO MEU FILHO FRIO E GELADO SEM FOLEGO DE VIDA;MEU DEUS MIM ANESTESIOU NAQUELE MOMENTO.O RESTO TODOS JA SABE.NEM PRECISA CONTAR.ATE HOJE,ESTAMOS SOFRENDO,4-ANOS SE PASSARAM A DOR E A MESMA,SÓ DEUS SÓMENTE DEUS,PARA AJUDAR,EU E MINHA FAMILIA,

    ResponderExcluir
  7. Querida Marcia,me emocionei muito com suas palavras.Estou sofrendo muitoooo há 23 dias eu perdi meu filho mais velho o Allan com 26 anos,foi assassinado .Lendo aqui vc conseguiu traduzir tudo o que sinto nesse momento... É muita dor,só quem perdeu um filho pode compreender.Estou juntando força que só pode estar vindo de Deus.tenho mais 5 filhos,mas não um não substitui o outro.Quero lhe agradecer pelo blog,ficou lindo! Que Deus nos conforte. bjoss meu e-mail é: sirleypalmeira@yahoo.com.br

    ResponderExcluir
  8. QUERIDA TBEM PERDI MEU FILHO COM 19 ANOS EM UM ACIDENTE DE MOTO E ATÉ HJE NÃO ACEITO A PERDA;PARECE QUE ELE VAI CHEGAR TODO DIA. ELAINE FRANCESCHINI.

    ResponderExcluir
  9. Há sete meses perdi meu filhote, 21 anos, lindo, inteligente, um verdadeiro mensageiro divino não só para mim, como também para todos que o conheciam de verdade. Perdi ele pro câncer, esta doença maldita. Era um menino de fibra, valente. Lutou muito, queria viver, realizar seus projetos. Não deu. Achei que meu amor poderia salvá-lo. Não pude, infelizmente. Hoje minha vida acabou, só dor e solidão, uma saudade sem fim. Sei que meu luto será eterno.

    ResponderExcluir

MÃES E FILHOS ELO ETERNO

Loading...

NO SEU CONCEITO DE FÉ EM DEUS: "VOCÊ ACREDITA NA VIDA ESPIRITUAL APÓS A MORTE CARNAL?"

Wikipedia

Resultados da pesquisa

CONTATOS FEITOS POR:

Telefones: (011) 5928-7080 ou (011) 98939-3955
Email: marushasantos@uol.com.br